Posts Tagged ‘HQ’

40. A volta da maior enciclopédia de quadrinhos do Brasil

terça-feira, 9 agosto 2011

Por Ivan Pinheiro Machado*

Goida é o codinome de Hiron Goidanich, um dos mais versáteis e respeitados intelectuais brasileiros. Além de grande boa praça, leitor compulsivo, publicitário, jornalista cultural com mais de meio século de atividades, Goida é um dos maiores arquivos deste país. Especialista em cinema e histórias em quadrinhos, Goida sabe, literalmente, tudo sobre estes assuntos. Aquela HQ que foi publicada somente durante 4 anos na década de 40 pela Ebal, ou o nome brasileiro de algum filme “B” americano da década de 50? Ele sabe.

Foi uma consultoria preciosa nos dois grandes projetos de dicionários de cinema que  fizemos aqui na L&PM. O primeiro, do francês Georges Sadoul e o segundo do também francês Jean Tulard. Eram milhares de filmes nos seus nomes originais. E tudo isto, obviamente, tinha que ser publicado com o título com que passou nas telas brasileiras. Como se sabe, as traduções no Brasil não são nem um pouco ortodoxas… Por exemplo, o clássico “Shane” virou “Os Brutos também amam”, “Annie Hall”, de Woody Allen, se transformou em “Noivo neurótico, noiva nervosa”, enfim, só um especialista abnegado, sábio e obcecado era capaz de enfrentar este desafio na era pré-Google. E Goida sempre fez isto com a maior naturalidade. Durante décadas, ele foi crítico de cinema do jornal Zero Hora de Porto Alegre. Na década de 80, baseado no seu acervo de HQs ele fez a maior enciclopédia brasileira de quadrinhos, publicada em 1990 pela L&PM. Este livro tornou-se um clássico, desapareceu das livrarias e passou a ser um “hit” no site “Estande virtual” de livros usados.

A capa da primeira edição da "Enciclopédia dos Quadrinhos", organizada por Goida

Agora, 21 anos depois, em colaboração com André Kleinert, ele concluiu a atualização dos verbetes e ampliou consideravelmente a “Enciclopédia dos quadrinhos”. Das 400 páginas originais da edição de 1990, a versão 2011 terá mais de 600 páginas e deverá ser lançada no final de setembro.

*Toda terça-feira, o editor Ivan Pinheiro Machado resgata histórias que aconteceram em mais de três décadas de L&PM. Este é o quadragésimo post da Série “Era uma vez… uma editora“.

“Aline” em cores e novo formato

segunda-feira, 3 janeiro 2011

A série Aline, inspirada nos quadrinhos de Adão Iturrusgarai (Coleção L&PM Pocket), vai estrear sua 2ª temporada na telinha em 2011. E a L&PM aproveita a entrada de ano para contar duas novidades: vem aí o volume 5 da série na versão pocket e mais uma edição especial com tirinhas coloridas em novo formato.

Aline é uma jovem contemporânea, tem 20 e poucos anos, trabalha fora, odeia cozinhar e arrumar a casa e tem DOIS namorados. Por causa disso, alguns dizem que ela é tarada e “maníaca sexual”, enquanto outros acham que ela é uma mulher normal que simplesmente deixa  seus instintos sexuais agirem livremente.

Rótulos à parte, vale acompanhar a série e dar uma olhada nas tirinhas. É diversão na certa!

O 5º volume de Aline e a edição especial colorida ainda não têm data definida para publicação. A data de estreia da nova temporada também não foi divulgada pela Rede Globo, mas enquanto isso dá pra ir matando a saudade da Aline, do Pedro e do Otto:

Top 10 L&PM, os destaques do ano

quinta-feira, 30 dezembro 2010

Todo ano que se preze termina com listas de “melhores”, “mais lembrados”, “mais influentes”,  “mais importantes”… A restrospectiva faz parte do encerramento em grande estilo. Para nós, aqui da L&PM, foi bem difícil pensar nos 10 livros que marcaram o ano. Porque foram vários e todos eles, especiais. Mas também não vamos negar que alguns se destacaram e chamaram mais atenção dos leitores e da mídia. E são eles, agora, que (re)apresentamos aqui como sendo o “Top Ten L&PM 2010″:

1. Freud traduzido direto do alemãoO ano começou com duas novas traduções das obras de Freud: O futuro de uma ilusão e O mal-estar na cultura, traduzidos direto do alemão por Renato Zwick. São dois livros, mas concluimos que eles são um único destaque.

2. Os informantes – lançado em março,  marcou a estreia do escritor Juan Grabriel Vásquez no Brasil. O romance retrata a conturbada relação entre pai e filho a partir de uma parte esquecida da história da Colômbia.

3. Peanuts Completo – Este ano foram mais dois volumes de Peanuts Completo, a primorosa edição de luxo, com capa dura, que traz tiras dos anos 50 de Charlie Brown e sua turma. Em 2011 tem mais!

4. Surdo Mundo – Comovente e irônico, o romance do inglês David Lodge foi inspirado na própria surdez do escritor e conquistou leitores e críticos de todo o Brasil.

5. Anjos da Desolação – O romance de Jack Kerouac nunca antes traduzido e publicado no Brasil foi lançado no mês de agosto. Diretamente transcrito dos diários de Kerouac, a edição é complementada pela apresentação de Seymour Krim, escritor e crítico literário que participou da geração beat.

6. Pedaços de um caderno manchados de vinho - O livro de Charles Bukowski que apresenta uma seleção de contos e ensaios que ainda não haviam sido reunidos ou publicados. Contém, inclusive, o primeiro e o último contos escritos por Buk.

7. Agatha Christie em Quadrinhos – No ano dos seus 120 anos, Agatha Christie teve destaque na L&PM e ganhou até um Hotsite. Mas foram os HQ que mais chamaram a atenção. O primeiro volume foi lançado em agosto: trouxe Assassinato no Expresso Oriente, seguido de Morte no Nilo. Em outubro, chegou Morte na Mesopotâmia, seguido do Caso dos Dez Negrinhos.

8. As veias abertas da América Latina – O clássico de Eduardo Galeano ganhou nova tradução de Sérgio Faraco e foi lançado, ao mesmo tempo, em formato convencional e pocket. Para completar, ganhou índice analítico.

9. Série Encyclopaedia - Aqui, o destaque foi para uma série. Em 2010, a Série Encyclopaedia L&PM entrou em uma nova fase, com títulos da britânica Oxford University Press e livros trazendo ilustrações, fotos e mapas.

10. WaldenLançado em novembro, o clássico de Thoreau ganhou apresentação de Eduardo Bueno e elogiada tradução de Denise Bottmann.

L&PM no Rio Comicon 2010

quinta-feira, 4 novembro 2010

De 9 a 14 de novembro acontece o festival Rio Comicon 2010, no Ponto Cultural Barão de Mauá, no Rio de Janeiro.

Com um enfoque voltado principalmente para as histórias em quadrinhos, o Rio Comicon é um evento formado por exposições nacionais e internacionais, palestras, debates, oficinas, ciclo de animação, documentários sobre quadrinhos, lançamentos, shows, estandes de produtos pop e espaços para artistas independentes.

Além de toda a agenda de atividades, ele vai contar também com estandes de livrarias. A L&PM vai estar presente no espaço da Livraria Travessa. Todos os nossos livros de HQ estarão à venda por lá.

Já está confirmada a presença do mestre dos quadrinhos eróticos, o italiano Milo Manara (a L&PM publicava os quadrinhos de Manara nos anos 1980 e 1990). E também estará lá o editor Claudio Curcio; os ingleses Kevin O’Neill (de “A liga extraordinária”), Melinda Gebbie (“Lost girls”) e o também editor Paul Gravett.

O Rio Comicon 2010 estará aberto à visitação de 09 a 14 de novembro de 2010 das 13h às 22h.

Abaixo você assiste trailers da Mostra de Filmes, que também acontece durante o evento.

David Coimbra, Fraga e uma mulher espetacular!

terça-feira, 28 setembro 2010

“Quem viu Jô, nunca mais esquece.

Os cabelos, o rosto, os seios apontando para o céu, as pernas longas, o bum-bum impecável, as pernas longas, roliças, rijas. Enfim, linda. E além de tudo isso, excelente dona de casa, esposa exemplar, mãe extremada.

Até que um dia…Bem, você vai ler este livro e vai saber tudo o que acontece quando esta mulher resolve jogar tudo pro alto e ganhar a estrada.

Sai da frente!”

Este é um trecho da orelha do livro “Jô na estrada” escrito por David Coimbra e desenhado por Fraga. Acho que nem o David imaginou uma mulher como Fraga teve o talento de desenhar. E este é o grande barato deste livro. O texto corre junto com os quadrinhos. Ou melhor, o texto é interrompido e a história segue em quadrinhos até retomar o texto e lá adiante prosseguir graficamente. Texto e HQ mancomunados. Dois talentos brasileiros de primeira grandeza. O ficcionista David Coimbra e o desenhista Gilmar Fraga.

Aguarde para outubro!

(IPM)