Arquivo de fevereiro, 2019

A primeira imagem de Mulherzinhas, novo filme de Greta Gerwig

quarta-feira, 6 fevereiro 2019

Essa é a primeira imagem do ensaio do filme Mulherzinhas (Little Women), da diretora Greta Gerwig (a mesma de Lady Bird), baseado na obra mais conhecida de Louisa May Alcott. A foto mostra o núcleo das quatro irmãs March vestidas à caráter no set de filmagem em Harvard, Massachusetts: Eliza Scanlen como a tímida Beth, Saoirse Ronan como a moleca impulsiva Jo, Emma Watson como a madura Meg e Florence Pugh como a precoce caçula Amy. No elenco, ainda estão Laura Dern como a mãe das meninas e Meryl Streep como tia March.

MULHERZINHAS PRIMEIRA IMAGEM FILME 2019

A L&PM publica Mulherzinhasde Louisa May Alcott, em pocket e ebook com tradução de Federico Carotti e Denise Bottmann. Publicado originalmente em 1868, nos Estados Unidos, o livro teve sucesso imediato de público e crítica. Este belo romance de formação, que se lê num fôlego só, não cessa de encantar gerações e gerações de leitoras e leitores e agora ganhará uma nova adaptação. A previsão de estreia é dezembro de 2019.

Mulherzinhas

Van Gogh para toda a eternidade

segunda-feira, 4 fevereiro 2019

Depois do sucesso do filme Com amor Van Gogh, que concorreu ao Oscar de melhor animação em 2018, o pintor holandês volta a tela grande para emocionar. O filme No portal da eternidade, dirigido por norteamericano Julian Shnabel, traz Willem Defoe no papel de Van Gogh. O ator está concorrendo ao Oscar de melhor ator pelo papel do pintor holandês.

O roteiro foi escrito por Shnabel e Jean-Claude Carriere (ex parceiro de Buñuel em clássicos como A Bela da Tarde e O Discreto Charme da Burguesia) e mostra toda a vulnerabilidade do artista que não teve reconhecimento em vida e só foi considerado um gênio da pintura após a sua morte.

No portal da eternidade estreia nos cinemas brasileiros na quinta-feira, 7 de fevereiro.

A L&PM Editores publica Vincent – A História de Vincent Van Gogh em quadrinhos, Van Gogh na Série Biografias L&PM, Cartas a Theo em pocket, Cartas a Theo e outros documentos sobre a vida de Van Gogh em formato grande e o recém lançado O capital de Van Gogh – Ou como os irmãos Van Gogh foram mais espertos do que Warren Buffet, de Wounter Van Der Veen, especialista de renome mundial na vida e na obra do mestre holandês.

O capital de Van Gogh quer mostrar que o artista não era nem de longe um artista marginal e miserável; ao contrário, sempre levou uma vida confortável; e os irmãos Van Gogh tinham uma visão quase profética da evolução do mercado de arte, e juntos prepararam um êxito excepcional. Vincent tinha perfeita noção da originalidade e da inovação que significava seu trabalho, capaz de ao mesmo tempo romper e seguir o fio evolutivo da arte moderna iniciado pelos impressionistas.