Arquivo de agosto, 2018

Mais duas adaptações de “Mulherzinhas”, o célebre livro de Louisa May Alcott

terça-feira, 28 agosto 2018

O livro “Mulherzinhas“, no original “Little Women”, chegou aos 150 anos cheio de energia. Lançado originalmente em 1868, o livro de Louisa May Alcott, baseado na sua própria infância e adolescência, tornou-se um sucesso da noite pro dia, apresentando uma personagem feminina que desconstruía todos os estereótipos da literatura norteamericana de até então.

“Mulherzinhas” ganhou algumas adaptações para o cinema e TV ao longo das últimas décadas. O filme mais famoso (até agora) que conta a história das irmãs March é o de 1933 com Katharine Hepburn no papel de Jo e que levou o Oscar de melhor roteiro, além de ter concorrido às estatuetas de melhor filme e melhor direção:

Outra adaptação que também ficou conhecida foi a de 1994 – que no Brasil ganhou o título de “Adoráveis Mulheres” – com Winona Rider, Kirsten Dunst, Christian Bale e Susan Sarandon no elenco.

Agora, mais dois filmes estão vindo por aí, ambos dirigidos por mulheres.

Um deles é uma adaptação da história para os dias atuais. Dirigido e roteirizado por Clare Niederpruem e com previsão de estreia para setembro de 2018:

Mas o mais esperando é o remake dirigido por Greta Gerwig, atriz que foi ovacionada com seu longa de estreia, “Lady Bird: é hora de voar”, e concorreu aos Oscars de melhor direção e roteiro original. A adaptação de Greta está em pré-produção e pretende ser fiel ao original no que se refere à época em que se passa: os Estados Unidos pós Guerra Civil. O elenco contará com nomes como Saoirse Ronan, Emma Watson e Meryl Streep. A previsão é que o filme de Greta chegue aos cinemas no Natal de 2019.

Enquanto isso, que tal ler o livro? A L&PM publica “Mulherzinhas” em pocket.

Dicas de Bill Gates para uma boa leitura

terça-feira, 14 agosto 2018

Bill Gates é um dos gênios dos nossos tempos. O criador do Windows e responsável pela democratização do uso do computador pelo mundo informou ao canal Quartz, no Youtube, que lê cerca de 50 livros por ano, e deu algumas dicas para realizarmos uma boa leitura.

Quanto mais livros surgem nas estantes das livrarias, mais a gente quer ler, certo? Às vezes dá até vontade de se multiplicar para poder acompanhar todas as obras adquiridas (e até as boas e velhas leituras de criado-mudo). Para isso, foram reunidas essas quatro dicas de Bill Gates, um assíduo leitor.

BILL GATES LENDO

1. “Faça notas nas margens”.

Segundo Gates, quando você está lendo, deve ter cuidado com o que está prestando atenção. Principalmente em um livro de não-ficção (como Sapiens: uma breve história da humanidade, por exemplo). Logo, fazer notas nas margens o ajuda o leitor a se concentrar ainda mais nas informações.

2. “Termine o que você começou”.

Bill Gates explica que ele nunca começa um livro se sabe que irá largá-lo. Isso porque, quando você abandona uma leitura, você pode ter pensamentos inacabados sobre algo, e deixar sua compreensão sobre ele incompleta.

3. “Livros impressos ou digitais? Qual é a melhor opção?”

O empresário admite que com o tempo fará a troca do impresso para o digital, porém ainda está acostumado a ler uma revista ou livro, à noite. Aqui, a gente aproveita para deixar a nossa dica: Leia da forma como se sentir bem e confortável, certo?

4. “Fique ausente por pelo menos 1 hora”

Bill Gates sugere que o leitor concentre seu tempo de leitura em pelo menos uma hora, para livros que requerem mais atenção.  “Esse não é o tipo de coisa que você pode fazer 5 minutos aqui, 10 minutos lá. Alguns artigos de revistas ou vídeos curtos de Youtube podem se encaixar nesses pequenos tempos.” Isso porque, para Gates, é importante que você pense enquanto lê, não apenas absorva as palavras.

Você pode conferir as dicas de leitura aqui no vídeo original.

Anotou tudo nas margens do seu livro e está pronto para colocar em prática? Bem, a nossa única dica é: leia!

Bill Gates já indicou o livro “Sapiens: uma breve história da humanidade” da Coleção L&PM Editores e L&PM Pocket.

 

Luz, câmera e ainda mais ação em “O Papai é Pop”

segunda-feira, 13 agosto 2018

O livro O Papai é Pop de Marcos Piangers é um super sucesso. Isso porque ele conta a história de um homem comum, casado e pai de duas filhas, que descobre a aventura da paternidade. O mérito da obra é justamente esse: a forma como Piangers consegue divertir e comover, enquanto revela as percepções de um pai sobre o desenvolvimento das filhas, suas dificuldades, vitórias e vivências do cotidiano.

Foto Tiago Ghizoni

Foto Tiago Ghizoni

Pois eis que agora as histórias de O Papai é Pop vão ganhar a tela grande. Foi confirmado que a obra de Piangers vai virar filme com produção da Prodigo Films e roteiro de Ricardo Tiezzi (Qualquer Gato Vira Lata e O Outro Lado do Paraíso). As filmagens devem começar em 2019 e ainda não há previsão de estreia, mas estamos loucos para assistir!

O Papai é Pop e O Papai é Pop 2 são publicados na Coleção L&PM Pocket.

Contatos imediatos com Hilda Hilst

quarta-feira, 1 agosto 2018

Um portão antigo, um gravador, microfones e Hilda Hilst. É assim que começa o documentário Hilda Hilst Pede Contato, que estreia nesta quinta-feira, 2 de agosto, nos cinemas nacionais. Com direção e roteiro de Gabriela Greeb, o filme apresenta a sensibilidade de Hilda e sua busca por inspiração no cósmico literário, utilizando um velho gravador. A escritora paulista, que foi homenageada da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty deste ano, apresentava um misticismo curioso ao realizar suas criações tentando se conectar com os mortos, e é retratada de forma sensível e ao mesmo tempo arrepiante.

Segundo relatos da produção, alguns eventos sobrenaturais aconteceram durante as gravações na Casa do Sol, morada de Hilda em Campinas. Objetos que se mexiam, direcionamentos da luz repentinos e ruídos estranhos compuseram o cenário de gravações que permitiram que a escritora, dessa vez, tivesse uma comunicação inversa: do mundo dos mortos para os vivos.

A Coleção L&PM Pocket está publicando o Teatro Completo de Hilda Hilst. Os dois primeiros volumes já estão nas livrarias e apresentam, cada um deles, duas peças. O volume 1 traz O Verdugo e A Noite do Patriarca e o volume 2 oferece As Aves da Noite e O Visitante. Os volumes 3 e 4 estão previstos para chegarem ainda em 2018.