Contatos imediatos com Hilda Hilst

Um portão antigo, um gravador, microfones e Hilda Hilst. É assim que começa o documentário Hilda Hilst Pede Contato, que estreia nesta quinta-feira, 2 de agosto, nos cinemas nacionais. Com direção e roteiro de Gabriela Greeb, o filme apresenta a sensibilidade de Hilda e sua busca por inspiração no cósmico literário, utilizando um velho gravador. A escritora paulista, que foi homenageada da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty deste ano, apresentava um misticismo curioso ao realizar suas criações tentando se conectar com os mortos, e é retratada de forma sensível e ao mesmo tempo arrepiante.

Segundo relatos da produção, alguns eventos sobrenaturais aconteceram durante as gravações na Casa do Sol, morada de Hilda em Campinas. Objetos que se mexiam, direcionamentos da luz repentinos e ruídos estranhos compuseram o cenário de gravações que permitiram que a escritora, dessa vez, tivesse uma comunicação inversa: do mundo dos mortos para os vivos.

A Coleção L&PM Pocket está publicando o Teatro Completo de Hilda Hilst. Os dois primeiros volumes já estão nas livrarias e apresentam, cada um deles, duas peças. O volume 1 traz O Verdugo e A Noite do Patriarca e o volume 2 oferece As Aves da Noite e O Visitante. Os volumes 3 e 4 estão previstos para chegarem ainda em 2018.

Tags: , , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios