Posts Tagged ‘Peanuts Completo’

“Peanuts, o filme” chega antes no Brasil

sexta-feira, 14 março 2014

Uma ótima notícia para os fãs brasileiros de Peanuts: a data de lançamento de “Peanuts, o filme” no país foi antecipada para 30 de outubro de 2015 - ou seja, uma semana antes da estreia nos Estados Unidos. E o primeiro teaser já será exibido nos cinemas em março, antes do filme Rio 2 (pertencente ao mesmo estúdio Blue Sky), que estreia em 28 de março.

Mal podemos esperar!

peanuts2015

É Natal em “Peanuts completo 6″

terça-feira, 24 dezembro 2013

Com todas as tirinhas da Turma de Charlie Brown publicadas entre 1961 e 1962, o sexto volume de Peanuts completo não poderia deixar de trazer cenas Natalinas:

treno

Clique sobre a imagem para ampliar

chamine

Natal_Pascoa

As cartinhas de Peanuts para o Papai Noel

quarta-feira, 18 dezembro 2013

peanuts_nataaaal

(clique para ampliar)

Tirinhas de Natal publicadas em Peanuts Completo Vol. 6

Peanuts do dia: Sally

quinta-feira, 5 dezembro 2013

Sally

Primeira aparição: 23 de agosto de 1959
A irmã mais nova de Charlie Brown acredita que o mundo lhe deve uma explicação. Por que ela tem que ir para a escola? Por que Linus, seu “Sweet Babboo”, não a ama? E qual é a capital da Venezuela? Sally está sempre em busca de respostas – e quando não as consegue, ela vem com uma nova filosofia: “Quem se importa?”

Você sabia que: Durante 6 meses, Sally teve ambliopia (“olho preguiçoso”) e usava um tapa-olho.

Interesses:
Filosofias: Embora nunca acerte no alvo, Sally é a filósofa do “Por que você está me dizendo isso?” E ela tem certeza de que pode resolver qualquer problema.
Movimento: Sally está constantemente tentando se movimentar do seu quarto para o quarto do irmão mais velho, sempre que ele sai de casa.
Linus: Sally é dedicada a Linus, que ela carinhosamente chama de “Sweet Babboo”

Clique para ampliar a imagem.

Clique para ampliar a imagem.

Clique para ampliar a imagem.

Clique para ampliar a imagem.

As tirinhas acima estão em Peanuts Completo volume 6 que acaba de chegar.

A cantora Diana Krall é fã de Charlie Brown

segunda-feira, 25 novembro 2013

O sexto volume de Peanuts completo (1961-1962) acaba de chegar. Como nos outros livros da série, além de trazer as tirinhas da turma do Charlie Brown escritas diariamente ao longo de um ano, ele vem com uma introdução especial e, dessa vez, ela foi escrita pela cantora e pianista canadense de jazz Diana Krall. Leia o início do texto:

Eu ainda era pequena quando descobri Peanuts. Uma das minhas primeiras lembranças é a de meu pai desenhando o Snoopy em uma camiseta minha. Aos quatro anos de idade, minha roupa preferida era um moletom do Charlie Brown – meu pai deve ter alguma foto minha com ela. Porém, nem tudo era glamour. Acho que sou parente do Charlie Brown em algum grau. Até hoje uso a expressão “Eu ganhei uma pedra”, que ele imortalizou em um especial de Dia das Bruxas, e sem nenhum cinismo. Acho que a primeira vez que ouvi alguém falar em “sarcasmo”, “cinismo” e “depressão” foi no mundo de Charlie Brown, um mundo em que as crianças são inteligentes e os adultos só dizem “blá, blá, blá”. Os “Cinco centavos, por favor” que Lucy pedia quando resolvia os problemas dos demais anda fazem parte das minhas conversas do dia a dia, ainda que o preço tenha aumentado consideravelmente ao longo dos anos.

Peanuts6

Dez sugestões para crianças

quinta-feira, 11 outubro 2012

Contos da Mamãe Ganso Recém lançado na Coleção L&PM Pocket, este livro traz os chamados “tesouros da cultura francesa”. São histórias clássicas criadas por Charles Perrault como Chapeuzinho Vermelho, Gata Borralheira e o Pequeno Polegar. Aqui, estes contos são narrados como no original. Por isso, atenção: como o final das histórias nem sempre é feliz, ele é mais indicado para crianças a partir de 10 anos.

Alice no País das Maravilhas – Clássico dos clássicos infantis, Alice no País das Maravilhas é pura fantasia, poesia e metáforas. Divertido e instigante, é um livro encantador para todas as idades que, nesta edição, com tradução de Rosaura Eichenberg, mantém de forma primorosa o espírito da obra máxima de Lewis Carroll.

Peter Pan – “Todas as crianças crescem, exceto uma.” Assim começa este outro clássico imperdível. A verdadeira história do menino que não queria crescer está narrada aqui, em Peter e Wendy seguido de Peter Pan em Kensington Gardens. Além de Peter e Wendy o livro reune todos os personagens que habitam o imaginário infantil, como Sininho e Capitão Gancho.

Peanuts completo – A série Peanuts Completo, que tem como objetivo publicar todas as tiras criadas por Charles Schulz, já chegou ao seu quinto volume. A edição de luxo, em capa dura, é um presente lindo que impressiona pela sua forma e, claro, seu conteúdo. O volume 5, com tiras de 1969-1960, traz a favorita de Schulz: “Observando as nuvens”.

Simon´s Cat – Para crianças que gostam de gatos, este livro é imperdível. Simon’s Cat apareceu pela primeira vez na internet e logo virou o maior sucesso no Youtube. Suas aventuras estão aqui neste livro que não precisa de palavras para mostrar que os gatos sabem se fazer entender. Além do formato convencional, ele também é encontrado em dois volumes pocket.

Poesia de bicicleta – Um raio de sol, uma fruta, uma brincadeira, um ditado popular. Para Sérgio Capparelli, o cotidiano é um poema em si, que se desdobra por entre as páginas de Poesia de bicicleta com a singeleza de um autor que sabe se comunicar com as crianças como ninguém. Um livro perfeito para ser lido antes de dormir.

100 melhores lendas do folclore brasileiro – Em suas 200 páginas, este livro reúne histórias transmitidas oralmente por séculos a fio, recontadas à sua maneira por cada narrador. O autor, A.S. Franchini, conta sua versão de algumas das mais emocionantes histórias do folclore nativo, nas quais o fantástico e o popular se unem para recriar relatos sobre a formação dos povos e do território brasileiro.

Deuses, heróis e monstros Deuses, heróis & monstros – As asas de Ícaro e outras histórias da mitologia para crianças oferece aos pequenos leitores dez das mais conhecidas histórias da mitologia greco-romana como As asas de Ícaro, O toque de Midas, A caixa de Pandora e Teseu e o Minotauro. Ilustrados, estes textos despertam o interesse da criança ou do adolescente pela mitologia.

Clássicos da Literatura em Quadrinhos – Uma série que já soma 10 títulos e que encanta crianças de todas as idades. Essa coleção é um grande sucesso na França e Bélgica e reúne títulos que fazem parte do patrimônio literário mundial, adaptadas para o universo dos quadrinhos por uma equipe de renomados roteiristas e ilustradores.

Contos sobrenaturais chineses – 25 contos de várias épocas da cultura chinesa, histórias muitas vezes fantásticas, ilustradas com bonecos de teatro de sombra chinês. O livro tem organização de Sérgio Capparelli e Márcia Schmaltz e oferece um mergulho em uma cultura milenar. Lindo, colorido e encantador.

Whoopi Goldberg na introdução do novo Peanuts Completo

quarta-feira, 20 junho 2012

Peanuts Completo / 1959 a 1960 acaba de chegar na L&PM e já está sendo distribuído às livrarias. O volume 5 traz, na introdução, a transcrição de uma entrevista com a atriz Whoopi Goldberg, feita por Gary Groth, editor da série Peanuts Completo. Publicamos aqui um pequeno trecho desse bate-papo animado para você sentir o clima:

Você lia Peanuts quando era menina?
Eu lia de tudo quando era menina. Eu era obrigada, porque nenhum menino se interessava por mim! Mas, enfim, sim, a vida inteira. Foi a minha mãe quem me apresentou a Peanuts – entre tantas outras coisas maravilhosas que ela me ensinou. E os especiais de tevê começaram a passar quando eu era adolescente, popularizando Peanuts ainda mais. É por isso que até hoje eu sei fazer a dancinha do Snoopy em O Natal de Charlie Brown. Fui apresentadora de um talk show e tive a alegria e o privilégio de entrevistar Charles Schulz no meu programa. Eu mostrei os meus peitos para o Charles Schulz, para que ele pudesse ver minha tatuagem do Woodstock, feita 28 anos atrás. Ele perguntou se eu gostaria que ele a colorisse. Você sabe como é, quando Charlie Schulz pergunta “Você quer que eu pinte a sua tatuagem?”, você responde “É claro”.

E ele pintou?
Isso eu não vou dizer!

Por que o Woodstock?
Porque havia algo de maravilhoso naquele passarinho que vivia à toa, sem preocupação nenhuma na vida. E ele tinha um ótimo amigo, o Snoopy. Achei que seria sensacional carregar comigo aquele piado dele, aquele monte de tracinhos. Não cheguei a fazer os tracinhos, mas sempre que olho para a tatuagem eu o imagino falando comigo, do mesmo jeito como ele fazia com o Snoopy. É um negócio meio bobo, mas eu adoro.

Será que Charles Schulz pintou o Woodstock de Whoopi?

Aleluia!!! Os quadrinhos foram reabilitados!!!

terça-feira, 28 fevereiro 2012

Bons ventos sopram pela chamada “academia”; finalmente foram “descriminalizadas” as histórias em quadrinhos nas escolas. Aqueles que são jovens há mais tempo lembram muito bem que, num passado bem recente, as HQs eram proibidas em sala de aula. Professores de literatura e português faziam sinal da cruz diante de um álbum de quadrinhos, como se estivessem em frente ao demônio.

Mas, como tudo passa, esta onda também passou. Uma geração mais arejada de professores absolveu as HQs dos pecados da superficialidade dos quais era acusada e colocou finalmente nas mãos dos jovens leitores algumas obras-primas de arte e literatura.

Nós aqui da L&PM, que mourejamos nesta área desde os anos 70 – e que tivemos que abandonar temporariamente o barco devido à profunda rejeição - estamos de volta já há algum tempo e com um extraordinário cardápio de lançamentos. Na Coleção L&PM POCKET, os quadrinhos já conquistaram milhares de novos leitores com títulos dos consagrados Garfield, Snoopy, Hagar, Dilbert e o timaço de autores brasileiros composto por Laerte, Angeli, Adão Iturrusgarai, Glauco, Edgar Vasques, Paulo Caruso, Mauricio de Sousa, Santiago entre outros. Todos por R$ 11,00.

Além do quadrinho em livros de bolso, a editora voltou a investir em grandes projetos, como Peanuts Completo, uma série em capa dura e acabamento luxuoso que publicará todo o magnífico trabalho de Charles Schulz. Já foram editados 4 volumes e o quinto sai em março. Publicamos também belas adaptações a cores das histórias de Agatha Christie, o clássico pacifista Valsa com Bashir, cuja versão em animação foi finalista ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2010 e iniciamos a publicar a festejada série afro-francesa Aya de Margarite Abouet, que trata da vida dos jovens nos países africanos. Recomeçamos também a publicar álbuns para adultos como o clássico Erma Jaguar do craque do desenho erótico Alex Varenne.

Como estamos livres para publicar o que de melhor se faz no mundo e para recomendar às escolas que usem e abusem das histórias em quadrinhos (já que não é mais pecado), um dos grandes destaques da programação de HQ da L&PM Editores é sem dúvida a série de Clássicos da literatura em quadrinhos. Um coleção espetacular feita por roteiristas e desenhistas belgas e franceses, publicada originalmente pela Editora Glénat com o apoio da UNESCO, órgão cultural da ONU que só chancela projetos de alto valor pedagógico. Estes livros possuem, além da história em quadrinhos a cores, um “dossier” que traça um rico painel sobre o livro, o autor, sua vida e seu tempo. Já foram lançados Volta ao mundo em 80 dias de Júlio Verne, A Ilha do Tesouro de Robert Louis Stevenson, Um conto de Natal de Charles Dickens, Dom Quixote de Miguel de Cervantes, Odisseia de Homero e Robinson Crusoé de Daniel Defoe. Deverão sair nos próximos meses Guerra e Paz de Leon Tolstoi e Os miseráveis de Victor Hugo.

Mangás

Mas a grande novidade de 2011 foi a nossa entrada no mundo dos mangás. Iniciamos com os dois volumes de Solanin de Inio Asano e Aventuras de menino de Mitsuru Adashi, os três livros disponíveis nos mais de 2 mil pontos de venda da coleção L&PM Pocket pelo Brasil inteiro. Com a colaboração e a consultoria do tradutor e especialista em mangás Alexandre Boide, a L&PM está preparando novos títulos para 2012.

Enfim, a editora está definitivamente retomando uma de suas vocações que sempre foi a de editar HQs. E a prova disso é que, justamente o primeiro título da L&PM Editores, foi um livro de quadrinhos: Rango 1 de Edgar Vasques. (Ivan Pinheiro Machado)

O adeus de Charles Schulz

segunda-feira, 13 fevereiro 2012

Na manhã do dia 13 de fevereiro de 2000, menos de um dia depois de Charles Schulz falecer devido ao câncer, seu adeus foi publicado nos jornais dos Estados Unidos. Escrita cerca de um mês antes, a despedida ficou guardada para acompanhar seu obituário. Schulz morreu aos 77 anos em sua casa em Santa Rosa, na Califórnia e suas tirinhas chegaram a ser publicadas em 2.600 jornais de todos o mundo, traduzidas para 21 diferentes idiomas. Seu sucesso foi tanto que, dois dias antes de falecer, o criador de Charlie Brown e sua turma recebeu uma Medalha de Ouro do Congresso norte-americano, considerada a maio premiação civil nos EUA.

O adeus de Charles Schulz publicado em 13 de fevereiro de 2000

“Caros amigos, eu tive a honra de desenhar Charlie Brown e seus amigos por quase 50 anos. Foi a realização de minha ambição de infância. Infelizmente, eu não tenho mais como manter o ritmo necessário para uma tirinha diária. A minha família não deseja que Peanuts continue sendo desenhado por mais ninguém, portanto eu estou anunciando minha aposentadoria. Eu sou muito grato por todos esses anos, pela lealdade de nossos editores e o apoio maravilhoso e o amor expressado pelos fãs da tirinha. Charlie Brown, Snoopy, Linus, Lucy… como eu poderia esquecê-los…” Charles Schulz

A L&PM está publicando a obra completa de Charles Schulz no Brasil e o volume 5 da série (com tirinhas que vão de 1959 a 1960) está previsto para chegar em março.

Perspectiva: os destaques de 2012

quinta-feira, 29 dezembro 2011

Já fizemos aqui neste blog a Retrospectiva 2011, com alguns livros que chamaram a atenção durante o ano que está chegando ao fim. Mas agora chegou a hora de olhar para frente e fazer a Perspectiva 2012. Com alguns dos destaques que estão programados para o ano que vem. Dê uma olhada no prólogo dos lançamentos:

1961 – O golpe derrotado, de Flávio Tavares. Quando o Movimento da Legalidade eclodiu no sul do país, Flávio foi o enviado especial do Jornal Última Hora ao centro de operações do movimento e acabou atuando como um porta-voz informal de Brizola. O que ele viu e viveu agora chegará em um livro que, além de ser um documento histórico, é uma aventura eletrizante.

Peanuts Completo – O volume 5 de Peanuts Completo chegará no início do ano, trazendo as tiras de Charles Schulz que vão de 1959 a 1960. Novamente em uma edição de luxo com capa dura.

Andy Warhol – Primeiro, será lançado Andy Warhol na Série Biografias. Depois, chegará Os diários de Andy Warhol em dois volumes na Coleção L&PM POCKET. E para meados de 2012 está prevista a chegada de América, livro de fotos do papa do pop.

Simon´s Cat – O fofo e faminto gato de Simon (o desenhista Simon Tofield), famoso na França não apenas nos livros, mas também na TV, chegará ao Brasil com o selo L&PM. Livros apaixonantes que vão deixar os leitores sem palavras.

Liu Xiaobo – com título provisório “Monólogos de um sobrevivente do dia do juízo final: textos escolhidos”, vem aí o livro de Liu Xiaobo, Prêmio Nobel que encontra-se preso pela China comunista. O livro terá textos sobre a China e, também, poesias de autoria de Xiaobo.

Los hijos de los días – Este é o título original do novo livro de Eduardo Galeano que está sendo traduzido por Eric Nepomuceno. Em sua nova obra, Galeano traça uma pequena história para cada dia do ano, sempre centrada em um fato real que aconteceu naquela data.

Cartas: Kerouac/Ginsberg – Livro que traz a correspondência trocada entre os escritores beats durante mais de duas décadas. Os editores Bill Morgan e David Stanford foram os responsáveis por organizar essa correspondência, dois terços da qual nunca havia sido publicada antes.

História Secreta da Costaguana – De Juan Gabriel Vásquez, autor de Os informantes, já publicado pela L&PM, chegará História secreta de Costaguana, que rendeu ao escritor o prêmio Qwerty de melhor romance espanhol (Barcelona) e o prêmio Fundación Libros & Letras (Bogotá).

À sombra da Rota da Seda – Para viajar (e escrever) sobre a Rota da Seda, a maior rota terrestre do planeta, o escritor britânico Colin Thubron percorreu este caminho de ônibus, caminhão, carro, carroça e camelo, durante oito meses. Foi do coração da China às montanhas da Ásia Central, andou pelo norte do Afeganistão e percorreu as planícies do Irã, chegando à Turquia. O resultado, você poderá ler em 2012.

O canto da planície de Nancy Huston – Da mesma autora de Marcas de Nascença, Dolce Agonia e A espécie fabuladora, será lançado este que é um dos livros mais famosos livros da premiada escritora canadense radicada nos EUA, Nancy Huston.

A interpretação dos sonhos – Este livro que é considerado uma das mais famosas obras de Sigmund Freud agora fará parte da Coleção L&PM Pocket. Em seguida, será lançado, também do pai da psicanálise, Moisés e o monoteísmo. Ambos com tradução do alemão, feita por Renato Zwick.

Roberto Freire – O bestseller Roberto Freire, sucesso nos anos 80 e 90 com livros como Sem tesão não há solução, chega na Coleção L&PM Pocket com dois títulos: Cleo e Daniel (adaptada para cinema e TV) e Ame e dê vexame.

E ainda vem Virginia Woolf, Jane Austen, James Joyce, Lawrence Ferlinghetti, Luigi Pirandello e mais Agatha Christie e Simenon. E também novos títulos na Série Clássicos da Literatura em Quadrinhos, o volume 2 da HQ Aya, novidades na Série Encyclopaedia e nomes como Jesus, Buda, James Dean e Pasolini na Série Biografias. Ou seja:  motivos para aguardar um ótimo ano novo não faltam. Feliz 2012!