Posts Tagged ‘Em busca do tempo perdido’

“Em busca do tempo perdido”, de Marcel Proust, agora em mangá

terça-feira, 28 julho 2015

Em busca do tempo perdido é a obra máxima de Marcel Proust. Publicada em sete volumes, três deles póstumos, ela traz a memória como o fio condutor do romance.

Outro tema recorrente é a homossexualidade. O narrador suspeita constantemente das relações de sua apaixonada com outras mulheres. E Charles Swann, a figura central de grande parte do primeiro volume, tem ciúmes da sua amante Odette (com quem mais tarde casará), que acaba por admitir ter realmente mantido relações sexuais com outras mulheres.

Na adaptação de Em busca do tempo perdido para o estilo mangá, que acaba de chegar à Coleção L&PM Pocket, isso aparece em várias páginas:

Em busca homo

Além disso, alguns personagens secundários, como o Barão de Charlus são abertamente homossexuais, enquanto outros, como o grande amigo do narrador, Robert de Saint-Loup, são mais tarde apresentados como homossexuais não assumidos. O livro “The Columbia Anthology of Gay Literature”, publicado em 1998 pela Columbia University Press cita Em busca do tempo perdido como a obra que derrubou estereótipos: A monumental confrontação do tema da homossexualidade em “Em Busca do Tempo Perdido” mostrou aos leitores que a homossexualidade poderia ser mais que apenas um conjunto de atos lascivos de sodomitas ou de maneirismos afetados de homens obcecados em negar a sua masculinidade. Em vez disso, o romance de Proust apresentou a homossexualidade como um assunto complexo e multifacetado que, se examinado de perto, derrota todos os estereótipos.

A L&PM também publica Um amor de Swann, segunda parte de Em busca do tempo perdido.

Bem vindo à Biblioteca Nacional de França

sexta-feira, 13 dezembro 2013

A “Bibliothèque Nationale de France” (Biblioteca Nacional de França) reúne nada menos do que catorze milhões de livros e impressos, manuscritos, estampas, fotografias, mapas e plantas, partituras, moedas, medalhas, documentos sonoros, vídeos, multimídia, cenários e reportagens. Tudo isso fica guardado em um complexo de quatro prédios e algumas relíquias ficam guardadas a sete chaves, longe dos olhares. E só saem de lá para raras exposições. É o caso dos manuscritos originais de “Em busca do tempo perdido”, de Proust.

São sete volumes. O primeiro, ‘No caminho de Swann’, foi publicado um pouco antes da Primeira Guerra Mundial, em 1913, de forma independente, depois que o autor foi recusado pelas principais editoras do país. O último, ‘O Tempo Redescoberto’, em 1927, cinco anos depois da morte do autor.

As anotações no manuscrito de Proust revelam como se constrói uma obra-prima literária e o processo de criação surpreendente do célebre escritor francês. “O que é emocionante quando folheamos estes cadernos é ver a obra sendo escrita e perceber que a escrita não se trata de um trabalho fácil. É um trabalho que precisa ser retomado. Tem que reescrever, corrigir, nunca ele está satisfeito. Nós mergulhamos de verdade no trabalho de Marcel Proust”, ressalta Isabelle de Chermont, curadora da Biblioteca e uma das poucas autorizadas a folhear a relíquia.

A versão digital da Biblioteca Nacional de França, batizada de Gallica, tem à disposição para consulta mais de um milhão e meio de documentos.

A L&PM Pocket publica Um amor de Swann, a segunda e autônoma parte de No caminho de Swann. Breve, será lançado Em busca do tempo perdido em Mangá.

Capas com amor para o Dia dos Namorados

sexta-feira, 7 junho 2013

Uma dupla de designers resolveu aproveitar o Dia dos Namorados para demonstrar seu amor pela literatura! O resultado foram 14 capas de livros sobre o amor, sempre usando corações, olha só:

love_100anos

“100 anos de solidão” de Gabriel Garcia Marquez

 

love_lolita

“Lolita” de Nabokov

love_ojogador

“O jogador” de Dostoiévski

love_proust

“Em busca do tempo perdido” de Marcel Proust

As outras 10 capas da coleção estão lá no blog deles :)

Um divertido Marcel Proust

sexta-feira, 12 abril 2013

Este é Marcel Proust num momendo pra lá de descontraído! :D

E por falar nele, a dica é ler Um amor de Swann da Coleção L&PM Pocket, que é, na verdade, uma das partes autônomas do grande romance Em busca do tempo perdido.

proust

Clássicos da literatura na Série Mangás

terça-feira, 15 janeiro 2013

A Coleção L&PM Pocket está preparando, para  2013, os novos volumes da Série Mangás. Dessa vez, os títulos são clássicos da literatura adaptados e desenhados para agradar os fãs do estilo japonês. O primeiro volume será Hamlet, de Shakespeare. A tradução já foi feita por Alexandre Boide e agora o livro está em fase de paginação, com os ballons estão sendo preenchidos com a história em português. A previsão de chegada deste primeiro volume é março.

Aqui você pode ver os originais da clássica história shakespeariana em japonês:

Além de Hamlet, virão A arte da guerra, de Sun Tzu; O grande Gatsby, A metamorfose, O contrato social, Assim falou Zaratustra, Manifesto do partido comunista, Em busca do tempo perdido, Os irmãos Karamazov e Ulisses.