Arquivo de abril, 2013

Livros à mão cheia!

terça-feira, 23 abril 2013

Por isso na impaciência
Deste sede de saber,
Como as aves do deserto -
As almas buscam beber…
Oh! Bendito o que semeia
Livros… livros à mão cheia…
E manda o povo pensar!
O livro caindo n’alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar.

(Trecho do poema O livro da América,  de Castro Alves, o primeiro do livro Espumas Flutuantes)

23 de Abril é Dia Mundial do Livro. Dia de ganhar livros da L&PM. Ao longo do dia, vamos sortear 50 livros, entre volumes da Coleção L&PM Pocket e e-books nas redes sociais L&PM (Twitter e Facebook). Afinal, como diria Castro Alves, “bendito o que semeia livros, livros à mão cheia…”

contracapa_em_baixa_corte

 

O Brasil de Millôr

segunda-feira, 22 abril 2013

Millôr e seu ufanismo às avessas no Dia do Descobrimento do Brasil:

brasil_millor

(do livro Millôr definitivo – a bíblia do caos)

Brasil: terra à vista!

segunda-feira, 22 abril 2013

Foi como uma miragem em um deserto de águas salgadas. Após 44 dias entre o mar e o céu, o horizonte deixou de ser uma linha longínqua na qual o azul-celeste imaculado encontrava o azul revolto de um oceano sem fim. No último ponto que os olhos podiam vislumbrar, erguia-se, agora, a silhueta verdejante de uma pequena serra, pontilhada pelo cume de um monte “mui alto e redondo”. Em breve o aroma das flores e dos frutos não precisaria mais ser imaginado: seria sentido. Os homens acotovelaram-se na amurada das naus, com os olhos postos de encontro ao céu crepuscular. A terra, enfim, estava à vista, como uma visão do paraíso. Parecia miragem – mas era real.

Com as cores do entardecer tingindo a cena de dourado, os 12 navios da frota comandada por Pedro Álvares Cabral prosseguiram seu avanço. Era 22 de abril de 1500, e a maior esquadra já enviada para singrar o Atlântico encontrava-se a cerca de 60 quilômetros de uma costa desconhecida. Seria ilha ou terra firme? Provavelmente ilha, julgaram os marujos mais experientes – uma das tantas, reais ou lendárias, que povoavam as imensidões do chamado Mar Tenebroso. A frota avançou cautelosamente a uma média de cinco quilômetros por hora e lançou âncoras. Elas mergulharam 34 metros antes de se acomodarem nas claras areias do fundo. Estava descoberto o Brasil. Um novo mundo amanhecia.

(Assim começou a nossa história, assim tem início o livro Brasil: Terra à Vista, de Eduardo Bueno, uma aventura sobre o descobrimento (Coleção L&PM Pocket).

brasil_terraavista

Quatro cidades, quatro peças a ver com livros

sexta-feira, 19 abril 2013

Em Porto Alegre 

Biografias Colecionáveis
Peça inspirada nas vidas das escritoras e irmãs Charlotte Brontë (Jane Eyre) e Emily Brontë (O Morro dos Ventos Uivantes). A peça costura fragmentos das vidas das Brontë com a vida das atrizes Natália Karam e Gabriela Steinhaus – que encarnam as irmãs – mais fatos inventados. No Teatro de Arena às 20h.

As irmãs Brontë viraram tema de peça em Porto Alegre

As irmãs Brontë viraram tema de peça em Porto Alegre

Em São Paulo

Dama da Noite
Monólogo com texto de Caio Fernando Abreu. O ator Luiz Fernando Almeida encarna a personagem e as angústias de um homem que se sente fora do mundo em que vive. O espetáculo tem entrada Catraca Livre. Até 29 de junho no Espaço Cultural Pinho de Riga, sexta às 21h30 e sábados às 21h.

Texto de Caio Fernando Abreu em cartaz em São Paulo

Texto de Caio Fernando Abreu em cartaz em São Paulo

Em Belo Horizonte

Hamlet
Montagem que tem Thiago Lacerda no papel principal da peça de Shakespeare. São 15 atores para encenar a tragédia sobre o fantasma que clama ao filho por vingança. Em cartaz no Sesc Palladium. Nesta sexta-feira e sábado, às 21h; domingo, às 19h.

Thiago Lacerda encarna Hamlet em Belo Horizonte

Thiago Lacerda encarna Hamlet em Belo Horizonte

Em Brasília

Peter Pan
Uma versão para adultos do clássico menino que não quer crescer e vive na Terra do Nunca.
Com trilha sonora original e ao vivo Peter, Wendy e seus irmãos voam para a ilha onde tudo pode acontecer. Até dia 21 de abril no Teatro Garagem (SESC 913 Sul) às 20h com entrada franca.

Peter Pan para adultos em Brasília

Peter Pan para adultos em Brasília

Fundação Biblioteca Nacional homenageia Lygia Fagundes Telles

sexta-feira, 19 abril 2013

Em comemoração aos 90 anos de Lygia Fagundes Telles, a Fundação Biblioteca Nacional inaugurou uma exposição sobre a trajetória da escritora com documentos do setor de Obras Gerais da BN, seus livros publicados, além de fotos e reproduções de periódicos referentes a sua carreira.

ligia_fagundes_telles

A mostra fica no segundo andar do prédio da Biblioteca Nacional no Rio até o dia 10 de junho (segunda à sexta-feira das 9h às 20h, sábados das 9h às 17h e domingos e feriados das 12h às 17h) e a entrada é franca.

A L&PM publica 16 contos de Lygia na coletânea Pomba enamorada da Coleção L&PM Pocket.

via cachimbo de bolso

A índia dos cabelos mais negros que a asa da graúna

sexta-feira, 19 abril 2013

Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado. Mais rápida que a ema selvagem, a morena virgem corria o sertão e as matas do Ipu, onde campeava sua guerreira tribo, da grande nação tabajara. O pé grácil e nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que vestia a terra com as primeiras águas. (Iracema, José de Alencar)

Iracema, pintada por José Maria de Medeiros

Iracema, pintada por José Maria de Medeiros

Iracema por Antônio Parreiras

Iracema por Antônio Parreiras

Iracema é a índia mais romântica da literatura. É pura poesia. E merece ser lida – não apenas na escola.

Picasso bem na foto

quinta-feira, 18 abril 2013

O fotógrafo espanhol Eugenio Recuenco fez uma bela homenagem a Pablo Picasso nesta série de fotos que reproduz com modelos e vestimentas alguns dos quadros mais famosos do pintor:

Eugenio_Recuenco_6

Eugenio_Recuenco_1

Eugenio_Recuenco_2

Eugenio_Recuenco_4

via Feature Shot

E o filme “On the Road” segue na estrada

quinta-feira, 18 abril 2013

Depois de rodar por vários lugares do mundo, começando pela França, passando pelo Brasil e estacionando por um tempo nos EUA, “On the road”, o filme, acaba de chegar a Barcelona. O Le Cool, que traz o melhor da programação da cidade catalã, publicou um texto em que convida a todos para assistir ao filme baseado no romance homônimo de Jack Kerouac e dirigido por Walter Salles: 

Desde que foi divulgada a notícia de que o lendário romance de Kerouac sairia no cinema, foi como se batessem com um pau em um vespeiro. Expectativa, desconfiança, polêmica, boatos e vários tremores cercaram o filme muito antes de sua estreia. Agora que você está aqui, pode verificar por si mesmo a razão de toda balbúrdia. Bem, falem o que falem, “On the Road” é um must-see. E vem pelas mãos de Walter Salles, um dos diretores de filmes de estrada mais interessantes do cinema. Como em “Diários de Motocicleta”, Salles tenta capturar a humanidade, inocência e aquele brilho nos olhos dos que não se detém por nada. Os “loucos” de Kerouac – que não são colocados nem no pedestal, nem no divã – parecem acreditar na pureza da alma e na força da amizade muito mais do que em fórmulas épicas e manuais psiquiátricos. Em sua melancolia, “On the Road” é uma mistura imperfeita, mas bonita, que não quer ser mais do que um olhar sincero sobre esta inquietude indefinível que tanto marcou os beatniks.

No Brasil, o Blu-Ray e o DVD de On the Road/Na Estrada já chegaram às locadoras e, breve, estarão disponíveis para venda. Para deixar o DVD mais atrativo para o público, a distribuidora Playarte vai colocar, entre os extras, o primeiro capítulo de On the Road/Pé na estrada, publicado pela L&PM e com tradução de Eduardo Bueno, para ser lido na tela.

Blueray Na Estrada

Einstein por Galeano

quinta-feira, 18 abril 2013
Página de "Os filhos dos dias", de Eduardo Galeano

Página de “Os filhos dos dias”, de Eduardo Galeano

Além de estar em Os filhos dos dias, de Eduardo Galeano, o genial Albert Einstein é um dos títulos da  Série Biografias L&PM

Quase 50 títulos na Série Encyclopaedia L&PM

quarta-feira, 17 abril 2013

Vale a pena conhecer a Série Encyclopaedia L&PM, que já tem quase 50 títulos! Com linguagem direta e acessível, cada volume é um mergulho em alguns dos grandes temas da história, da filosofia, da política, da economia e da religião no mundo. Olha só:

IMG_6389

“São ótimos mesmo – traduzi pelo menos uma meia dúzia deles – especialistas de primeira linha, em linguagem acessível e boa visão geral.” (Denise Bottmann, a tradutora de Nietzsche, Maquiavel, Guerra da Secessão, Jesus, Rousseau e Kant. da Série Encyclopaedia, pelo Facebook)