Posts Tagged ‘Dia Mundial do Livro’

O dia de Shakespeare e Cervantes

segunda-feira, 23 abril 2018

Dizem que os dois gênios morreram no mesmo dia. Miguel de Cervantes e William Shakespeare saíram da vida para entrar na história literária no mesmo 23 de abril de 1616. Shakespeare, aliás, teria nascido nesta mesma data no ano de 1564.

Ou não. Na realidade, eles não sucumbiram no mesmo dia. Shakespeare e Cervantes provavelmente morreram ou foram enterrados com cerca de quinze dias de diferença, principalmente porque, naquela época, a Espanha católica preferia o calendário gregoriano, que se diferenciava em 11 dias do calendário juliano da Inglaterra protestante.

Mesmo assim, como cada um deles morreu em torno do 23 de abril, então 23 de abril foi o dia escolhido. Como diz Hamlet, “o pensamento faz isso”. E as pessoas dizem que foi Einstein que descobriu a relatividade.

Mas, no fim, o que realmente importa sobre esses dois autores geniais não é sua longevidade mortal, naturalmente, mas o fato de seguirem tão presentes entre nós. Infelizmente, mesmo tendo vivido na mesma época e, coincidentemente, morrido no mesmo dia (vamos considerar assim), é uma pena que nunca tenham se encontrado para trocar algumas ideias.

Ainda bem que, em homenagem a eles, se comemora o Dia Mundial do Livro em 23 de abril.

SHAKESPEARE E CERVANTES

Os livros que fizeram muitas pessoas viajar (de metrô)

quinta-feira, 11 junho 2015

O vídeo abaixo mostra o sucesso que foi a ação chamada “Ticket Books” que aconteceu no Dia Mundial do Livro, 23 de abril. Na ocasião, a L&PM, em parceria com a concessionária ViaQuatro de metrô, distribuiu, gratuitamente, aos passageiros da Linha 4-Amarela de São Paulo, 1.500 livros na Estação Faria Lima das 10h às 12h. Destes, 300 traziam uma surpresa: funcionavam como bilhetes do metrô. A ação, com assinatura da agência Africa, foi super bem recebida. Chega a ser emocionante assistir:

Leia um livro. Salve um livro

quinta-feira, 4 julho 2013

Maior prêmio de publicidade do mundo, o Cannes Lions International Festival of Creativity deste ano premiou com o Leão de Ouro um anúncio espanhol cujo título é “Salva un libro. Lee un libro.” (Salva um livro. Lê um livro).

O anúncio mostra o Pequeno Príncipe morto em meio a uma guerra. No texto se lê “Quando você passa muito tempo na frente de um videogame de guerra não são só os seus inimigos que morrem”. Criado pela agência de publicidade espanhola Grey Madrid para a Associação dos Editores da Espanha, a campanha “Salva um livro. Lê um livro” tem mais dois anúncios além desse. E todos seguem a mesma linha de raciocínio: é preciso “salvar” os livros das novas ofertas de entretenimento como séries de TV e games.

A campanha com os três anúncios foi veiculada no Dia Mundial do Livro, 23 de abril de 2013. O anúncio que mostra Dom Quixote morto (por um personagem de Game) traz o texto “Quando você passa horas jogando no seu celular, o que se perde são mais do que pontos.”. E no que tem Moby Dick encalhado em uma praia que parece o cenário do seriado Lost, se lê “Quando você dedica todas essas horas assistindo à série de TV mais popular da história, não são só os personagens que acabam perdidos.” 

Clique nas imagens ampliá-las:

pequeno_principe_espanhol

quixote_espanhol

moby_espanhol

Livros à mão cheia!

terça-feira, 23 abril 2013

Por isso na impaciência
Deste sede de saber,
Como as aves do deserto -
As almas buscam beber…
Oh! Bendito o que semeia
Livros… livros à mão cheia…
E manda o povo pensar!
O livro caindo n’alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar.

(Trecho do poema O livro da América,  de Castro Alves, o primeiro do livro Espumas Flutuantes)

23 de Abril é Dia Mundial do Livro. Dia de ganhar livros da L&PM. Ao longo do dia, vamos sortear 50 livros, entre volumes da Coleção L&PM Pocket e e-books nas redes sociais L&PM (Twitter e Facebook). Afinal, como diria Castro Alves, “bendito o que semeia livros, livros à mão cheia…”

contracapa_em_baixa_corte

 

Era uma vez um Dia Mundial do Livro…

terça-feira, 24 abril 2012

Foram 100 livros da Coleção 64 Páginas “escondidos” em locais públicos de Porto Alegre, São Paulo, Salvador e Recife e mais dez presenteados em uma promoção feita nas nossas redes sociais. Além disso, adesivos foram distribuídos em lojas da Livraria Cultura de Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. Tudo isso ontem, 23 de abril, em comemoração ao Dia Mundial do Livro. Na L&PM WebTV há um vídeo com algumas cenas reais de pessoas encontrando os livros. Clique aqui e assista.

Em Porto Alegre 
Os livros foram deixados em diversos lugares da cidade como Parque Moinhos de Vento, Parque da Redenção, Praça da Encol, Mercado Público, universidades, bancos de ônibus e telefones públicos. “Comunico que encontrei O Retrato do Gogol, na Praça Carlos Arnt (Encol) esq. Renato Almeida sobre uma das mesas com tabuleiro de Xadrez, quando retornava para casa após a minha caminhada diária. Obrigado e parabéns pela iniciativa.” dizia o email de Marco Floriano.

"O retrato" espera por alguém na mesa de uma praça em Porto Alegre

Em São Paulo 
Estações de metrô, galerias, praças, shoppings, museus, cafeterias e até o aeroporto de Congonhas foram alguns dos locais escolhidos para deixar os livros perdidos em São Paulo. “Estou informando que encontrei o livro ‘’Tchékhov’. A Corista e outras histórias no Metrô Praça da Árvore. Obrigada” informa o email de Maria da Paz que chegou até nós.

Bukowski esperando para ser encontrado em um banco do aeroporto de Congonhas

Em Recife
Os pernambucanos encontraram livros perdidos nos bancos e estações de metrô, em shoppings como o Tacaruna e por diferentes ruas e esquinas de Recife. “Olá, entrei no caixa eletrônico do shopping e, que surpresa! Havia um livro me esperando lá dentro! Adorei. Muito obrigada e parabéns!” escreveu a empolgada Marisa Carneiro de Recife.

Mais um Gogol esperando para ser encontrado

Em Salvador
Na capital baiana, foram encontrados livros em paradas de ônibus, shoppings centers, praças e até na areia da praia. “Encontrei o livro ‘O gato do Brasil’ de Arthur Conan Doyle num banco do Shopping Salvador. Li a mensagem no adesivo e fiquei com o livro para mim, pois adoro ler. Parabenizo a vocês pela idéia e agradeço o inesperado presente.” disse Silvana Leite em seu email. (Ainda não recebemos fotos de Salvador, assim que elas chegarem, colocaremos por aqui).

Paixão pelos livros em Barcelona

segunda-feira, 23 abril 2012

23 de abril é um dia agitado, apaixonante, literário. Escolhida pela UNESCO para ser o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, a data não foi eleita por acaso. Em 23 de abril de 1616 morreram William Shakespeare e Miguel de Cervantes (um pelo calendário juliano e outro pelo calendário gregoriano, mas o que isso importa…). Shakespeare, aliás, também teria nascido nesse dia e, até que provem o contrário, a gente acredita que hoje é seu aniversário. Pra completar, 23 de abril é Dia de São Jorge no mundo e Dia das Flores na Catalunha.

Aliás, os catalães juntaram tudo isso e criaram um super evento chamado “Diada de Sant Jordi”. Como hoje é feriado em Barcelona, os moradores e visitantes passeiam pelas ruas e participam deste festival que vende livros e rosas e ainda oferece exposições, cursos, espetáculos, sessões de autógrafo, recitais de poesias e leituras dramáticas pelas ruas. A ideia catalã de juntar livros e flores vem de uma antiga lenda em que os cavaleiros ofereciam uma rosa vermelha a suas damas e recebiam em troca um livro. Talvez inspirada nesse clima total de paixão, a Catalunha também escolheu o dia 23 de abril para ser o seu Dia dos Namorados. Ai que vontade de estar lá…

Foto tirada hoje, em Barcelona, mostra que o povo saiu às ruas para encontrar livros e rosas

Mar de gente no "Diada de Sant Jordi" em Barcelona

Olha ali um livro perdido!

segunda-feira, 23 abril 2012

O Dia Mundial do Livro começou cedo pra gente. Logo na primeira hora da manhã, alguns títulos da Coleção 64 Páginas L&PM foram “perdidos” em uma ação que vai acontecer durante todo o dia de hoje em Porto Alegre, São Paulo, Salvador e Recife. Para saber mais detalhes, clique aqui.