Posts Tagged ‘Os vagabundos iluminados’

A casa dos vagabundos iluminados

quinta-feira, 26 janeiro 2012

Você já teve a oportunidade de visitar o local de trabalho de um grande artista? Já parou para pensar qual era a paisagem que seu escritor preferido via da janela ou quais os móveis que o rondavam enquanto ele escrevia aquele livro incrível?

Kerouac na casa de Orlando

Há quem diga que os lugares onde viveram grandes artistas conservam através dos tempos a inspiração que ajudou seus antigos moradores a criar suas obras. Pelo menos é nisso que acredita o Jack Kerouac Writers-in-Residence Project, que restaurou a casa onde o escritor beat morou, em Orlando, com o objetivo de hospedar escritores com trabalhos in progress, já que foi nesta casa que Kerouac escreveu Os vagabundos iluminados. Dizem, aliás, que a curadoria é temática: somente “vagabundos iluminados” têm chance de fazer parte do projeto.

Uma das escritoras que teve o mesmo endereço de Kerouac por três meses, Beth Raymer, disse em entrevista que não é difícil lidar com as frequentes visitas de fãs do antigo morador, já que a casa é uma verdadeira Meca para os amantes da literatura beat. Ela conta que alguns ficam apenas observando, maravilhados, do lado de fora, já outros pedem para entrar e ela acaba oferecendo algo para beber.

Veja como ficou a casa de Kerouac após a restauração. Não é realmente inspiradora?

Ó pá: Jack Kerouac em português de Portugal

segunda-feira, 10 outubro 2011

Nós fomos descobertos e colonizados por eles, herdamos a sua língua e alguns de seus hábitos. Mas, mesmo assim, há um oceano de diferenças que separam os brasileiros dos portugueses. Prova disto são os títulos dos livros de Jack Kerouac na versão “luso beat”. 

Cá entre nós, Pela estrada fora parece música da Chapeuzinho Vermelho, não? Pois este é o título que Portugal escolheu para On the road que, aqui no Brasil, virou Pé na estrada. Abaixo, a edição deles do manuscrito original:

O que para nós é algo suave como Despertar: uma vida de Buda para os portugueses virou uma ordem: Acorda! A vida de Buda:

Este não chega a ser tão diferente, mas o nosso Os vagabundos iluminados soa bem melhor do que Os vagabundos do Dharma, você não acha?

E por falar em Jack Kerouac, não esqueça que, em breve, On the road – O manuscrito original será lançado em versão pocket.