Ó pá: Jack Kerouac em português de Portugal

Nós fomos descobertos e colonizados por eles, herdamos a sua língua e alguns de seus hábitos. Mas, mesmo assim, há um oceano de diferenças que separam os brasileiros dos portugueses. Prova disto são os títulos dos livros de Jack Kerouac na versão “luso beat”. 

Cá entre nós, Pela estrada fora parece música da Chapeuzinho Vermelho, não? Pois este é o título que Portugal escolheu para On the road que, aqui no Brasil, virou Pé na estrada. Abaixo, a edição deles do manuscrito original:

O que para nós é algo suave como Despertar: uma vida de Buda para os portugueses virou uma ordem: Acorda! A vida de Buda:

Este não chega a ser tão diferente, mas o nosso Os vagabundos iluminados soa bem melhor do que Os vagabundos do Dharma, você não acha?

E por falar em Jack Kerouac, não esqueça que, em breve, On the road – O manuscrito original será lançado em versão pocket.

Tags: , , , , , , , , ,

  1. Rody Cáceres disse:

    MAS VAGABUNDOS DO DHARMA ficou bem mais próximo do original… Pior que o título em Português de Portugal é o texto nessa língua (que, cá pra nós, não é a mesma nossa): FUI-ME DE BOLEIA AO OREGÃO NUM CARRO DESCAPOTÁVEL!

    • ana disse:

      concordo inteiramente em rel. ao título. mas deixe que lhe diga que o tradutor da frase (de todo o livro, possivelmente) que cita não é de certeza conhecedor da variante linguística em causa, uma vez que essa frase não faz nenhum sentido nem é usual por cá. talvez até nem seja bem humano e seja um google qualquer. antes de falar é melhor estar bem informado.

  2. Kellython Oliveira disse:

    Apesar de soar estranho, “Vagabundos do Dharma” me parece mais coeso…

  3. [...] de links sobre tradução: no blog da L&PM, saiu uma matéria sobre as traduções e edições dos livros de Jack Kerouac em Portugal; no blog [...]

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios