“On the road, o manuscrito original” será lançado em pocket

No ano em que On the road – o manuscrito original completa 60 anos, a L&PM comemora este aniversário editando a famosa “escritura” de Jack Kerouac em pocket. A L&PM Editores trouxe o manuscrito original para o Brasil em 2008, no formato convencional e com tradução de Eduardo Bueno e Lúcia Brito. Na coleção de bolso, seu texto será integral e suas 464 páginas incluirão a longa introdução de Howard Cunnel. Em seu texto, Cunnel conta, entre outras, a história do famoso rolo de telex em que Jack Kerouac escreveu sua história. Vale a pena ler um trecho desta apresentação para entrar no clima:

“A estrada já foi contada”, disse Jack Kerouac em uma carta de 22 de maio de 1951, enviada de Nova York a seu amigo Neal Cassady, que estava no Oeste, em San Francisco. “Chegou rápido porque a estrada é rápida.” Kerouac disse a Casssady que entre os dias 2 e 22 de abril havia escrito “um romance inteiro de 125.000 [palavras]… A história é sobre você e eu e a estrada”. Ele havia escrito “tudo em um rolo de papel com 36 metros de comprimento… simplesmente inserido na máquina de escrever e sem qualquer divisão de parágrafos… deixando que o papel se desenrolasse sobre o chão e que aspecto do rolo lembrasse o de uma estrada”. (…)

O manuscrito original de Kerouac é itinerante e anda de museu em museu

Quando ocorreu a Kerouac pela primeira vez a imagem do papel em rolo? Um longo rolo de papel que o fazia lembra-se da estrada no qual podia escrever em um fluxo rápido e contínuo. De modo que este papel em rolo se tornasse uma página sem fim. Está claro que o rolo, mais do que uma descoberta, foi algo conscientemente concebido por Kerouac. Ele cortou o papel em oito partes, com diferentes extensões, e o formatou para que coubesse na máquina de escrever. As marcas de lápis e os cortes de tesoura ainda são visíveis. Então ele uniu as partes com fita adesiva. Não se pode precisar se ele colou as folhas enquanto as concluía ou se esperou até que estivesse tudo pronto para então colá-las e uni-las.”

A história de como Jack Kerouac escreveu On the Road, há 60 anos, se transformou em lenda. Entre as curiosidades, está também o fato de que, no manuscrito original, os personagens principais se chamam Jack e Neal (os nomes Sal Paradise e Dean Moriarty surgiram depois, para a edição revisada de On the road, publicada pela primeira vez em 1957).

A previsão de lançamento de On the road – o manuscrito original em pocket é final de outubro. Clique aqui e conheça todos os títulos de Jack Kerouac publicados na L&PM.

Tags: , , , ,

  1. Rody Cáceres disse:

    Pô! Mas só me avisam agora que já comprei a edição tamanho normal! Brincadeira. Fico feliz de ver mais Kerouac na coleção pocket. Agora só falta “Visões de Cody”, “Cidade grande, Cidade pequena”, “Anjos da desolação” e os diários… EU IMPLORO!

    Obs.: Cadê os poemas do Jack?

  2. Guilherme Bonvicini disse:

    Rody Cácere, aconteceu o mesmo comigo hahaha. Mas é isso ae. E faço a mesma pergunta: E os poemas do Jack?

    • Nanni Rios disse:

      Rody e Guilherme, os poemas do Kerouac estão na nossa pauta faz um tempo. Assim que tivermos novidades, vamos correndo fazer um post sobre o assunto :)

  3. Henrique disse:

    Olá, vocês lançarão os outros livros do Kerouac – os editados em formato convencional – em pocket? Por mínima que seja, há alguma chance?

    E mais uma coisinha: vocês pretendem publicar mais livros de poesia do Bukowski?

    Por favor, me respondam!

    Valeu.

    • Nanni Rios disse:

      Oi, Henrique.
      Como te respondi lá no outro post, não temos previsão de lançar outros livros do Kerouac em formato pocket. E sobre as poesias do Bukowski, temos apenas o “O amor é um cão dos diabos”, sem previsão de publicar outros.
      Um abraço!

  4. Maurinho Freitas disse:

    Olá Amigo Eduardo…estou querendo comprar o livro ON THE ROAD – PE NA ESTRADA, mais não estou conseguindo, vc poderia me ajudar???

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios