Posts Tagged ‘ano novo’

Resoluções de Ano Novo

sexta-feira, 4 janeiro 2019

As resoluções do gato mais famoso do Youtube, Simon´s Cat, para 2019:

- Seja menos materialista

- Aprenda a relaxar

- Leia mais

- Desligue

- Comece um hobby

- Aproveite bem o ar livre

- Viaje mais

- Seja mais romântico

- Enfrente seus medos

E pra completar, conheça os livros de Simon’s Cat publicados pela L&PM Editores. :-)

Com champanhe na ponta da língua

quarta-feira, 28 dezembro 2011

Em seu livro, Etiqueta Século XXI, a jornalista e expert em etiqueta Célia Ribeiro dedica um capítulo inteiro a festas. E é lá que a gente descobre como não fazer feio na hora de falar (e de servir) a bebida que é símbolo do Ano Novo: o champanhe. Ou seria melhor dizer champanha? Célia Ribeiro esclarece:

A palavra champanhe deriva-se de Champagne, a região da França que deu nome à bebida e que hoje detém a exclusividade do nome. Assim, na Espanha, é cava, na Alemanha, sekt e em português se diz espumante. A palavra foi abrasileirada para champanha, mas ambas são corretas. Estranho é dizer um champanha, guardando a concordância com a palavra oculta vinho, porque champagne é masculino. Doutores em Letras, como o professor Cláudio Moreno, acham que em pleno século XXI não tem sentido fazer uma exceção da palavra terminada em a, de gênero sempre feminino, ao se referir ao champanhe. Mais fácil é falar em champanhe com o artigo masculino, sem quebrar regras e ferir os ouvidos.

Vale servir na garrafa com canudinho? A garrafinha representa a democratização da bebida nobre, industrializada. O champanhe para ser tomado com canudinho transforma um encontro feliz na praia em celebração e é viável servi-lo numa reunião descontraída ou em ambiente sem recursos para o serviço convencional de taças.

Sorte e leveza para o Ano Novo

quinta-feira, 30 dezembro 2010

Já é hora de pensar no cardápio da ceia de Réveillon! A clássica recomendação é comer carne de porco ou cordeiro, para que o novo ano seja próspero. E mais importante: nunca servir carne de aves como frango ou peru, pois estes animais ciscam para trás. Dizem que isso dá azar e pode dificultar as coisas no novo ano. Cruz, credo, vá de retro…

Para acompanhar, que tal uma massa levinha para começar a nova fase sem peso na consciência? No livro 100 receitas de massas light há várias opções. A nossa sugestão é o Ravióli ao molho de cordeiro. Além de ser um bicho que “fuça para a frente”, simbolizando a prosperidade, na fé católica o cordeiro é considerado um animal puro, sendo permitido até no período da quaresma, em que os fiéis não podem comer carne vermelha. Além disso, a carne do cordeiro é rica em vitaminas do complexo B, ferro e fósforo. Aí vai a receita:

Ingredientes:

400g de massa ravióli recheada com espinafre
10ml de azeite de oliva extravirgem
1 molho de alecrim (50g)
2g sal light
Pimenta-do-reino a gosto
300g de pernil de cordeiro
10g de alho picadinho
20g de cebola picadinha
30g de cenoura picadinha
30g de aipo picadinho
100ml de vinho tinto seco
2 sachês de caldo de carne 0% gordura

Modo de preparo:

1. Corte o pernil de cordeiro em cubos. Tempere com sal light, pimenta e alecrim.
2. Em uma panela, refogue no azeite de oliva o alho, a cebola, a cenoura e o aipo.
3. Acrescente o cordeiro e refogue bem.
4. Dilua os sachês de caldo de carne 0% gordura em 1 litro de água morna.
5. Coloque o vinho tinto, deixe secar e aos poucos coloque o caldo de carne.
6. Cozinhe lentamente.
7. Cozinhe em água quente os raviólis.
8. Disponha os raviólis cozidos num refratário e regue com o cordeiro por cima.
9. Decore com ramo de alecrim.

Rendimento: 6 porções

Para completar e caprichar nos rituais da virada, faça uma mesa de frutas variadas com presença obrigatória de uva e romã. A uva traz boa sorte, não importa o método: pode comer 3 dando as costas para a lua, 12 dando pulinhos ou 11 guardando as sementes. Tanto faz, pois o que vale é acreditar que a sorte virá.

A romã é o símbolo da fartura e da fertilidade, devido a grande quantidade de sementes. Os judeus comem romã para multiplicar as bençãos e colocam as sementes embaixo do travesseiro para trazer dinheiro. No ano novo, a romã simboliza renovação e a esperança de que o ano que chega será melhor do que o ano que passou.