Posts Tagged ‘wikipedia’

Balzac é destaque na Wikipédia em português

quinta-feira, 18 agosto 2011

Quem já acessou a página inicial da Wikipédia em português (sem ser pela busca do Google) deve ter observado que há sempre um “Artigo em destaque” dentro de uma caixa azul (como na imagem abaixo). Estar ali significa que o artigo é de “excelente qualidade”. No ambiente colaborativo e aberto da Wikipédia, em que todo mundo pode  escrever o que bem entende, ter este atestado de credibilidade é valioso.

Bom… tudo isso é pra dizer que o artigo sobre a vida e a obra de Honoré de Balzac está lá na página inicial da Wikipédia em destaque já faz uns dias. Isso quer dizer que, se você precisar de informações precisas sobre o autor de A Comédia Humana, a comunidade de colaboradores da Enciclopédia Livre – como é conhecida a Wikipédia – garante que naquele artigo você pode confiar.

E não é fácil virar “Artigo em destaque”: primeiro, o texto tem que se enquadrar em um lista enorme de critérios (deve conter referências, fontes, notas, etc) e só então vai para a fila de votação. Apenas os usuários mais ativos e mais antigos têm direito a voto, ou seja, tem muita gente comprometida com a Wikipédia de olho no que é publicado por lá. E o processo não termina aí: são contabilizados apenas os votos que vêm com justificativa. E não adianta escrever qualquer coisa, pois só vale se a justificativa estiver de acordo com aquela lista de critérios iniciais. Após esta seleção criteriosa (ufa!), o artigo mais bem votado ganha destaque na página inicial da língua correspondente. É por isso que ser eleito como “Artigo em destaque” na Wikipédia é um mérito e tanto para o conteúdo construído colaborativamente.

Outra opção para saber tudo sobre Balzac é assistir ao documentário Vida & Obra – Honoré de Balzac, apresentado pelo editor Ivan Pinheiro Machado na L&PM WebTV.

Neto de Agatha Christie critica Wikipedia por contar o final da história

terça-feira, 31 agosto 2010

A regra básica para resenhar um suspense é não contar o final da história – ou, no caso de Agatha Christie, não revelar a identidade do assassino. Pois a regra passou batida pelos editores da Wikipedia, que há um bom tempo mantém a informação disponível (e sem aviso de spoilers) em sua página dedicada à peça  A ratoeira (The mousetrap).

Agora os fãs da escritora ganharam um reforço de peso na batalha pela mudança da sinopse: o neto de Agatha, Matthew Prichard, que  possui os direitos da peça. “É uma pena que uma publicação, se é que podemos chamá-la assim, estraga de alguma maneira o prazer das pessoas que vão assistir à peça.  Não é questão de dinheiro ou qualquer coisa assim. É só uma pena”, disse ele ao Telegraph.