Breve história de Voltaire

A escultura mais famosa da imagem de Voltaire, feita por Jean-Antoine Houdon, conseguiu capturar o sorriso cerrado e os pés de galinha desse homem espirituoso e corajoso. Defensor da liberdade de expressão e da tolerância religiosa, Voltaire foi uma figura controversa. Na Europa do século XVIII, porém, a Igreja Católica controlava com rigidez o que podia ser publicado. Muitos dos livros e peças de Voltaire foram censurados e queimados em público, e ele chegou a ser preso na Bastilha, em Paris, por ter insultado um poderoso aristocrata. Mas nada disso o impediu de desafiar os preconceitos e as pretensões daqueles que o cercavam. No entanto, hoje ele é mais conhecido como o autor de Cândido (1759) – Trecho de Uma breve história da filosofia.

O impressionante busto de Voltaire esculpido por Houdon

Voltaire nasceu em Paris no dia 21 de novembro de 1694 e foi batizado com o nome de François Marie Arouet. Segundo Nigel Warburton, autor de Uma breve história da filosofia, uma das coisas que o diferenciou de outros célebres filósofos foi que Voltaire era rico. Warburton conta em seu livro que, jovem, ele fez parte de um grupo que descobriu uma falha no sistema de loterias do governo e comprou vários milhares de bilhetes premiados. Investiu esse dinheiro e enriqueceu ainda mais. Isso deu a ele liberdade financeira para defender as causas em que acreditava. Acabar de vez com a injustiça era sua paixão.

Tags: , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios