Arquivo de novembro, 2015

O início do grupo punk Sex Pistols

sexta-feira, 6 novembro 2015

Foi em 6 de novembro de 1975, na St. Martin’s, em Londres, que uma banda chocou a plateia – composta principalmente por estudantes – com seu comportamento enlouquecido. Este foi o primeiro show do Sex Pistols, grupo formado originalmente pelo vocalista Johnny Rotten, o guitarrista Steve Jones, o baterista Paul Cook e o baixista Glen Matlock.

Sex_pistols

Desde o início, o Sex Pistols enlouquecia sua plateia

Não tardaria muito para o movimento punk – que plantara suas raízes nos EUA em 1972 com os Ramones – mobilizar a juventude inglesa e influenciar o comportamento, a moda, o cinema, as artes gráficas e, claro, a indústria fonográfica até explodir com força total nos becos londrinos em 1976.

Sid Vicious, que em 1977 substituiu Matlock nos Sex Pistols, viria a se tornar o mártir do movimento – ele morreu de overdose de heroína em 2 de fevereiro de 1979, em Nova York, dias depois de matar a namorada, Nancy Spungen.

O livro Mate-me por favor (Please Kill me) conta a história sem censura do punk com depoimentos de grande parte dos sobreviventes que participaram do início, meio e fim deste movimento (que talvez nem tenha acabado ainda).

Leia o início do capítulo 26:

“Inglaterra tramando”

Bob Gruen: (…) Havia todos aqueles garotos por lá, usando roupas esquisitas e começando a cortar o cabelo daquele jeito espetado esquisito. Uma banda tinha se formado naquela cena, os Sex Pistols. Eles entraram no clube e ficaram fazendo pose, ridículos – como se fossem grandes estrelas. Todos os garotos ficaram parados por lá tipo: “Ooh, são eles, eles são o máximo.” Os Sex Pistols eram o centro total das atenções desse grupo de garotos que incluía Joe Strummer, Mick Jones, Billy Idol, Adam Ant e Siouxsie Sioux. Todos diziam: “Quem me dera ter uma banda.” Então eu disse “Façam uma. Não parece ser muito difícil.” Sabe como é: “Esperto demais pra escola e burro demais pra arranjar um emprego.”

capa_mateme.indd

A L&PM publica Mate-me por favor em diferentes formatos. Veja aqui.

O trailer de “Alice Através do Espelho”

quinta-feira, 5 novembro 2015

Foi divulgado nesta quinta-feira, 5 de novembro, o trailer de Alice Através do Espelho (Alice in Wonderland: Through The Looking Glass), continuação do sucesso Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland) de 2010, que foi dirigido por Tim Burton. Dessa vez, no entanto, Burton desistiu da direção e ficou só na produção, passando o bastão para James Bobin (que dirigiu Os Muppets).

O elenco principal será praticamente o mesmo: Mia Wasikowka é Alice, Johnny Depp é o Chapeleiro Maluco, Anne Hathaway é a Rainha Branca e Helena Bonham Carter é a Rainha de Copas. Sacha Baron Cohen (o eterno Borat) também estará elenco no papel de Time (Tempo).

Alice Através do Espelho será lançado nos cinemas em 27 de Maio de 2016.

Jane Austen em ritmo sertanejo

quarta-feira, 4 novembro 2015

Inspirado (livremente) no livro “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, o musical sertanejo “Nuvens de Lágrimas” estreia nesta quinta-feira, 5 de novembro, em São Paulo, transportando uma história que se passa na Inglaterra Vitoriana para o interior do Brasil nos anos 90.

A trama da escritora inglesa agora é contada através de músicas que ficaram famosas na voz da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó. “É muito interessante ver esse gênero da cultura popular associado a um clássico da literatura”, disse Xororó à Folha de São Paulo.

Em “Nuvem de Lágrimas” – que tem roteiro de Anna Toledo e direção de Tania Nardini e Luciano Andrey -, Elizabeth Benet, a jovem protagonista do romance, virou Bete Borba (Lucy Alves) que além de ser gerente de uma cooperativa agrícola, forma uma dupla musical com a irmã. Logo no início do espetáculo, Bete se desentende com o advogado Darcy (Gabriel Sater, filho de Almir Sater), que faz uma reclamação à cooperativa sobre um erro de português na embalagem das geleias produzidas pela mãe da garota.

A diferença social entre os dois rende mais brigas, mas logo o orgulho da menina e o preconceito do rapaz dão lugar à paixão em comum pela música.

O repertório do musical segue com canções mais dançantes, como “Bailão de Peão”, e os arranjos também trazem variações do sertanejo, como o folk e o country. O espetáculo é acompanhado por uma banda de oito músicos, mas muitos dos instrumentos são tocados pelos próprios atores.

Serviço

Quando: De 5/11 a 20/12 – Quinta às 21h, Sexta às 21:30 , Sábado às 17h e 21h e Domingo às 19h
Onde: Teatro Bradesco – Bourbon Shopping – Palestra Itália, 500
Quanto: De R$ 25 a R$ 190

Lucy Alves e Gabriel Sater são Bete e Darcy

Lucy Alves e Gabriel Sater são Bete e Darcy

Para os puristas, que preferem a história original, a L&PM publica “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, com tradução de Celina Portocarre.

O Alegrete fica aqui

quarta-feira, 4 novembro 2015

Você não precisa perguntar onde fica o Alegrete. Siga o rumo deste livro e deixe-se encantar com as histórias de Sergio Faraco.

Viva_o_Alegrete

Faraco canta o mundo contando causos sobre sua aldeia, a cidade fronteiriça do Alegrete. São evocações de família, de célebres figuras citadinas, de poetas, políticos, mulheres. Como a história do dia em que o circo passou pela cidade e do drama dos enamorados que, como Romeu e Julieta, tiveram um trágico fim.

Soberbo contista, Faraco burila suas crônicas à perfeição. Ao terminar de lê-las, tem-se a impressão de que não há uma única palavra que sobre ou falte. Ele escreve na medida exata.

Viva o Alegrete! foi publicado pela primeira vez em 2001. Esta edição de 2015, além de ganhar novo formato e nova capa, foi inteiramente revista pelo autor que suprimiu algumas cronicas para dar lugar a outras.

Faraco-ok

Sergio Faraco autografa na Feira do Livro de Porto Alegre no dia 11 de novembro, quarta-feira, às 18h.

Snoopy na calçada da fama

terça-feira, 3 novembro 2015

Snoopy ganhou na segunda-feira, 2 de novembro, sua estrela na Calçada da Fama, em Hollywood.

O beagle mais famoso do mundo, autor de frases famosas entre os fãs, como “acho que sou alérgico às manhãs”, inaugurou a placa de número 2.563, ao lado da de seu criador, Charles Schulz.

Isso aconteceu alguns dias antes da estreia do filme “Snoopy e Charlie Brown: Peanuts, o Filme” que chega às salas de cinema dos EUA no domingo, 8 de dezembro, e será exibido a partir de 10 de dezembro na América Latina, inclusive no Brasil. :-)

Snoopy_calcada_fama

US-ENTERTAINMENT-SNOOPY-PEANUTS-HOLLYWOOD WALK OF FAME

Snoopy está na L&PM. Veja aqui.