O Alegrete fica aqui

Você não precisa perguntar onde fica o Alegrete. Siga o rumo deste livro e deixe-se encantar com as histórias de Sergio Faraco.

Viva_o_Alegrete

Faraco canta o mundo contando causos sobre sua aldeia, a cidade fronteiriça do Alegrete. São evocações de família, de célebres figuras citadinas, de poetas, políticos, mulheres. Como a história do dia em que o circo passou pela cidade e do drama dos enamorados que, como Romeu e Julieta, tiveram um trágico fim.

Soberbo contista, Faraco burila suas crônicas à perfeição. Ao terminar de lê-las, tem-se a impressão de que não há uma única palavra que sobre ou falte. Ele escreve na medida exata.

Viva o Alegrete! foi publicado pela primeira vez em 2001. Esta edição de 2015, além de ganhar novo formato e nova capa, foi inteiramente revista pelo autor que suprimiu algumas cronicas para dar lugar a outras.

Faraco-ok

Sergio Faraco autografa na Feira do Livro de Porto Alegre no dia 11 de novembro, quarta-feira, às 18h.

Tags: ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios