Arquivo de julho, 2013

Snoopy é o novo smile

quinta-feira, 25 julho 2013

Snoopy é o novo smile. Ou quase isso: agora você pode usar “adesivos” do Snoopy para expressar o seu humor no chat do Facebook. O aplicativo gratuito foi lançado na semana passada pela Peanuts Worldwide e o Brasil já é o terceiro no ranking de downloads, ficando atrás somente do México e dos Estados Unidos. Sim, nós amamos o Snoopy! :D

Para baixar, é bem simples: no canto inferior direito da janela de conversa do chat, ao lado do ícone da máquina fotográfica, tem um smile. Clicando sobre ele, vão aparecer as opções-padrão de adesivos e um ícone que parece uma cesta de compras. Clique sobre a cesta, clique no botão verde escrito “Grátis” e pronto!

snoopy

 

O valor de Jane Austen

quarta-feira, 24 julho 2013

A escritora Jane Austen vai estampar as notas de 10 libras a partir de 2017, o ano do bicentenário de sua morte. Ela vai substituir Charles Darwin, cujo rosto ilustra as notas de 10 pounds desde o ano 2000. A mudança foi motivada pela reivindicação de um grupo feminista sobre a rara utilização de rostos femininos nas cédulas. Desde 1970, quando figuras históricas começaram a estampar notas de dinheiro no Reino Unido, apenas duas mulheres, além da Rainha, foram agraciadas com tamanha honraria: Elizabeth Fry e Florence Nightingale. Além do baixo quórum feminino, o anúncio da substituição de Elizabeth Fry por Winston Churchill em 2016 causou revolta entre os movimentos feministas no país.

Jane Austen banknote

Além do retrato da escritora, a nota de 10 libras vai exibir imagens de seu local de trabalho na casa onde morou, em Hampshire; imagens da casa de seu irmão, em Godmersham Park, que ela visitava frequentemente e de onde ela tirou algumas referências que aparecem em seus romances; e uma frase de Miss Bingley em Orgulho e preconceito: “I declare after all there is no enjoyment like reading!” (algo como “Eu declaro, afinal, que não há maior prazer do que a leitura!”.

via Guardian

Libertando livros em Ouro Preto

terça-feira, 23 julho 2013

A livraria Set Palavras, de Ouro Preto, Minas Gerais, está promovendo em sua cidade uma ação de troca de livros, uma prática conhecida mundialmente como “bookcrossing”. Serão distribuídos 80 livros da L&PM em pontos de circulação de pessoas como bancos de praça, pontos de ônibus etc.

book2

A ação faz parte da rede Bookcrossing Brasil, que promove a “libertação de livros” pelo país. Para libertar um livro, basta deixá-lo em algum lugar público ou entregá-lo em mãos a alguém, mas sempre dando as instruções: a pessoa deve ler e passar à frente. É importante deixar claro que ao receber um livro do projeto bookcrossing, a pessoa não está ganhando um presente. O livro não deve ir para a estante após cumprir sua finalidade, ao contrário: deve continuar circulando.

book1

Para saber mais sobre o Bookcrossing Brasil -> http://www.bookcrossing.com.br

book3

Angeli é destaque no Prêmio HQMix 2013

terça-feira, 23 julho 2013

É inegável que o cartunista Angeli é um dos nomes mais queridos e admirados entre os desenhistas e quadrinistas no país. Prova disso é o destaque o criador da Rê Bordosa ganhou na edição deste ano do Troféu HQMix: ele levou o prêmio de “Desenhista de Humor Gráfico” e o de melhor exposição pela mostra “Ocupação Angeli“. Além disso, a estatueta do Troféu HQMix é uma réplica de Los Três Amigos, a cria coletiva dos amigos Laerte, Angeli e Glauco.

 

hqmix2013

A cerimônia de premiação acontece no dia 3 de agosto, em São Paulo.

A turma do Snoopy vai ao cinema!

segunda-feira, 22 julho 2013

Agora é oficial: as tirinhas do Snoopy, de Charles Schulz, vão virar filme 3D! O anúncio foi feito pela Fox e o lançamento do longa, com direção de Steve Martino (o mesmo de “A Era do Gelo 4″), está previsto para novembro de 2015. Foram mais de dois anos de negociação entre o estúdio e a família Schulz, que, felizmente, chegaram a um acordo na semana passada.

O filme ainda não tem título, mas chega para celebrar o aniversário de 65 anos da primeira tirinha da turma do Snoopy e os 50 anos da lendária série de TV, ”A Charlie Brown Christmas”.

peanuts2

Um papo sobre Eduardo Galeano no Festival de Inverno de Porto Alegre

segunda-feira, 22 julho 2013

A programação de literatura do Festival de Inverno de Porto Alegre recebe nesta terça-feira, dia 23 de julho, o escritor e tradutor Eric Nepomuceno para uma conversa sobre Eduardo Galeano e Gabriel García Márquez. Nepomuceno é o tradutor dos livros de Eduardo Galeano publicados pela L&PM, entre eles Os filhos dos dias, O livro dos abraços e Mulheres.

eduardo galeano2

Eric Nepomuceno e Eduardo Galeano

O encontro “Sangue Latino” desta terça, dia 23 de julho, acontece na Sala Álvaro Moreyra do Centro Municipal de Cultura (Av. Érico Veríssimo, 307) a partir das 19h30. O ingresso custa R$5.

Cinco curiosidades sobre Júlio Cortázar

sexta-feira, 19 julho 2013

julio-cortazar1. Cortázar começou a escrever aos oito anos de idade, “com uma novela que está guardada com cuidado (por minha mãe), apesar de minhas tentativas desesperadas de queimá-la”. Certa vez, um parente descobriu alguns de seus poemas e disse à sua mãe que “obviamente, esses poemas não eram dele”, o que causou uma grande tristeza no garoto.

2. Ele era fã de boxe e jazz e isso aparece em muitas de suas histórias, como “O perseguidor” e “Fim de jogo”. No caso do esporte, a relação extrapola a arte: houve uma época em que ele trabalhou como comentarista de boxe numa rádio, mas foi demitido porque ficava tão animado durante as transmissões a ponto de não ser compreendido pelos ouvintes! Mas voltando à literatura, os termos do boxe foram usados por Cortázar para explicar o que fazia: “a novela se ganha por contagem de pontos, já o conto, por nocaute”.

3. Não gostava de literatura “cabeluda” (como se referia à literatura erótica). Ele considerava “sujos” os seus contos “Tu más profunda piel” e “La señorita Cora” e sobre eles disse: “em toda a minha obra não fui capaz de escrever uma só vez a palavra buceta, que pelo menos em duas ocasiões me fez mais falta do que cigarros”.

4. Julio nunca parou de crescer – literalmente. Sofria de acromegalia, doença semelhante ao gigantismo, mas que se manifesta na idade adulta. Aos 60 anos, Cortázar continuava crescendo, tinha pés e mãos disformes. Ao morrer, com 70 anos, media 2,14m. Além disso, envelhecia lentamente, sempre aparentando ser mais jovem. O amigo Carlos Fuentes contava que, certa vez, quando foi visitá-lo, quem abriu a porta foi um rapaz que aparentava ter 20 e poucos anos. Ele pediu ao garoto que chamasse seu pai, mas era o próprio Cortázar (já com 50 anos de idade!) quem o recebia.

5. Devido aos lugares onde viveu nos primeiros anos de vida, Julio não conseguia pronunciar o “r” do castelhano e então falava tudo com “r” mais gutural, como os franceses.

Escritores que disseram “sim”

sexta-feira, 19 julho 2013
virginiawoolf

Virginia e Leonard Woolf no dia de seu casamento, em agosto de 1912

conandoyle

Arthur Conan Doyle e Jean Leckie casaram-se em 1907

hemingway

Ernest Hemingway e Elizabeth Hadley em 3 de setembro de 1921

 

Em breve, Nelson Mandela na L&PM

quinta-feira, 18 julho 2013

No dia 18 de julho de 1918 nascia Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado o mais importante líder da África Negra e ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993. Para celebrar a data, compartilhamos a seguir, em primeira mão, um trecho do livro Nelson Mandela, de Elleke Boehmer, com tradução de Denise Bottmann, que a L&PM vai lançar este ano.

mandela1“Na cultura de celebridades que marca o novo milênio, centrada no indivíduo como criador do próprio destino, é frequente considerar que Mandela foi não só o senhor de seu destino pessoal (como diz seu poema favorito), mas também o principal arquiteto da nova África do Sul. Considera-se inegável que ele travou uma luta unilateral pelos direitos dos negros e que, em seu caso, justifica-se a teoria de que os grandes homens fazem a história. No entanto, como ele mesmo frequentemente lembra a todos, a luta de libertação da África do Sul foi efetivamente travada e saiu vitoriosa enquanto ele definhava na prisão. Mandela ressaltou: “Sou apenas um entre um grande exército do povo”.

Seu carisma pessoal é indiscutível. Todos os que o conhecem comentam o fascínio e a magia que dele irradia: uma soma de fama, estatura e boa aparência; uma memória enciclopédica para fisionomias; e mais alguma coisa indefinível, o atraente je ne sais quoi mandeliano. Um elemento central de sua personalidade, como escreve a romancista e sua admiradora Nadine Gordimer, é “um desprendimento do egocentrismo, a capacidade de viver para os outros”. Sua boa liderança e carisma foram fontes de inspiração importantes para a construção da África do Sul após 1994. Mandela é, certamente, um dos maiores símbolos de luta e persistência que jamais se viu, e fez de seu obstinado senso de justiça um exemplo para o mundo.”

Quatro mestres da ilustração em uma oficina sobre Dom Quixote

quinta-feira, 18 julho 2013

Uma oficina muito legal vai acontecer durante o 8º Festival de Inverno de Porto Alegre, promovido pela Coordenação do Livro e Literatura. Dom Quixote em quatro traços irá reunir desenho e literatura. A ideia é trabalhar uma cena, uma personagem ou o livro Dom Quixote La Mancha, de Miguel de Cervantes. Para ministrar essa atividade, foram convidados quatro desenhistas gaúchos, todos eles autores ou ilustradores aqui da casa: Santiago, Edgar Vasques, Gilmar Fraga e Iotti. Cada dia, entre 22 e 25 de julho, um deles irá demonstrar sua técnica e sua interpretação. 

quixote_quatrotracos

DOM QUIXOTE EM QUATRO TRAÇOS
22/jul: Santiago
23/jul: Edgar Vasques
24/jul: Gilmar Fraga
25/jul: Iotti
Sempre das 9h às 11h
Atelier Livre – Sala de Desenho 1
R$ 20,00

INSCRIÇÕES
Coordenação do Livro e Literatura:
Av. Erico Verissimo, 307 – subsolo da Biblioteca Municipal Josué Guimarães.
De segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h.
Mais informações pelos fones: 3289.8071/3289.8072