Arquivo de fevereiro, 2013

A voz de Virginia Woolf

quinta-feira, 21 fevereiro 2013

Em 1937, a emissora britânica BBC gravou depoimentos de vários escritores para uma série de rádio chamada “Words fail me” (algo como “Me faltam palavras”). A gravação de Virginia Woolf lendo um de seus ensaios é único o registro conhecido da voz da autora de Mrs. Dalloway.

Pra quem é fã, este material é uma verdadeira relíquia, já que ao ler seu próprio texto, Virginia revela suas verdadeiras intenções com aquelas palavras escritas. A entonação da leitura, as pausas entre as frases e todo o mise-en-scène da interpretação dão um toque especial à experiência de quem ouve.

A gravação foi realizada em 29 de abril de 1937, quando Virginia tinha 55 anos, e o texto foi publicado postumamente, em 1942, no livro “The Death of the Moth and Other Essays”.

Mais Chico Bento na Coleção L&PM Pocket

quarta-feira, 20 fevereiro 2013

As aventuras e traquinagens da Turma da Mônica fazem sucesso há décadas entre “crianças” de todas as idades! E a critividade de Mauricio de Sousa nunca termina: acaba de chegar à Coleção L&PM Pocket mais uma compilação de histórias do Chico Bento, personagem criado em 1961 em homenagem a um tio-avô do cartunista. Chico é o típico caipira brasileiro, anda decalço, usa chapéu de palha e adora pescar, tanto que é famoso por suas “histórias de pescador”.

Com a chegada de Chico Bento – Histórias de pescador, já são 13 livros com tirinhas de Mauricio de Sousa na Coleção L&PM Pocket.

Filme inspirado em “Max e os Felinos” tem 11 indicações ao Oscar 2013

quarta-feira, 20 fevereiro 2013

No Jornal Nacional de ontem, 19 de fevereiro, a TV Globo fez uma longa matéria sobre o filme “As aventuras de Pi”, um dos candidatos ao Oscar 2013, com 11 indicações. A reportagem mencionou o escândalo literário que envolveu o autor Yan Martel, que confessadamente inspirou seu livro – publicado em 2001 -  na novela Max e os Felinos de Moacyr Scliar, publicada em 1981 no Brasil pela L&PM Editores e em 1985 nos Estados Unidos. Apesar de serem histórias diferentes, a cena decisiva em “As aventuras de Pi” – a do pequeno barco salva-vidas no meio do oceano com o personagem principal e um tigre dentro – é exatamente a cena principal do livro de Scliar publicado 20 anos antes.

(clique na imagem para assistir à matéria)

Na reportagem do Jornal Nacional, a TV Globo utilizou uma parte do depoimento de Moacyr Scliar produzido pela L&PM WEB TV (que você pode ver na íntegra aqui), mas omitiu o crédito das imagens.

Patti Smith lê Virginia Woolf

terça-feira, 19 fevereiro 2013

Neste vídeo, Patti Smith presta uma bela homenagem à Virginia Woolf declamando um trecho de As ondas, acompanhada pelo piano e pela guitarra de seus filhos Jesse e Jackson:

A admiração de Patti Smith pela autora de Mrs. Dalloway não é de hoje: o álbum “Wave”, de 1979, foi batizado assim em homenagem à Virginia. Além disso, a exposição “Patti Smith: Camera Solo”, realizada em 2011, exibia fotos feitas por Patti na casa onde Virginia se refugiava durante suas crises de depressão, em Sussex. Uma das fotos mostra o Rio Ouse, onde a escritora se suicidou em 26 de março de 1941:

O Rio Ouse, em Sussex, na foto de Patti Smith (2003)

Chegou “Mrs. Dalloway” na Coleção L&PM Pocket!

terça-feira, 19 fevereiro 2013

Acaba de chegar aqui na L&PM o clássico Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf, com nova tradução de Denise Bottmann. Passado num só dia, o romance é cheio de vaivéns, misturando, além disso, discurso direto e discurso indireto livre. Com Mrs. Dalloway, considerado por muitos sua obra mais importante, Virginia Woolf comprovou que ações corriqueiras do dia-a-dia, como comprar flores, por exemplo, podem ser tema de grande arte, e que a vida e a morte acompanham todos os momentos da existência humana.

Francesco e Michelangelo, por Galeano

segunda-feira, 18 fevereiro 2013

“Guerra e paz” em seis episódios na BBC

segunda-feira, 18 fevereiro 2013

A emissora britânica BBC vai transformar a história de Guerra e paz, de Leon Tolstói, em uma série para televisão, que será exibida em seis capítulos e tem estreia prevista para 2015. A adaptação está sendo feita pelo roteirista Andrew Davies, que tem no currículo as séries Orgulho e preconceito e Razão e sentimento.

“Não é apenas um grande romance, é uma leitura maravilhosa que vai render uma série maravilhosa. Uma história emocionante, divertida e comovente de amor, de guerra e de vida familiar”, disse Davies em entrevista ao jornal The Guardian.

Com apenas 6 episódios para explorar uma obra de mais de mil páginas, ele teve que fazer algumas escolhas: as longas e detalhadas descrições do contexto histórico, por exemplo, serão resumidas e o foco da adaptação será a história das quatro famílias.

Esta é a segunda vez que a BBC adapta o épico de Tolstói para a TV: na versão que foi ao ar em 1972, Anthony Hopkins vivia o protagonista Pierre Bezukhov.

O DVD com a versão de "Guerra e paz" da BBC feita em 1972

Exposição em Londres mostra fotos inéditas de Andy Warhol

sexta-feira, 15 fevereiro 2013

As famosas polaroides de Andy Warhol fazem sucesso por onde passam, reunindo multidões em exposições pelo mundo, como a que estreou esta semana na Privatus Gallery, em Londres, com fotos inéditas do rei do pop, além de algumas poses já conhecidas de Mick Jagger, Arnold Schwarzenegger, Liz Taylor e outras celebridades. Os registros que Andy Warhol fez com a sua Polaroid Big Shot retratam pessoas famosas em cenas cotidianas (e até íntimas) e em situações e poses bem diferentes das que estamos acostumados a vê-las. Talvez por isso este trabalho seja tão interessante e venha ganhando destaque na mídia britânica.

As fotos da exposição pertencem ao colecionador James Hedges e ficam na Privatus Gallery até 11 de março. Mas se você não tem planos de ir a Londres nos próximos dias, conheça o livro América, que reúne fotos de celebridades clicadas por Andy Warhol.

Domingos Paschoal Cegalla, o mágico das palavras, faleceu no dia 8 de fevereiro

sexta-feira, 15 fevereiro 2013

Foi na sexta-feira antes do Carnaval, 8 de fevereiro de 2013, que o professor Domingos Paschoal Cegalla partiu. Faleceu aos 92 anos, no Rio de Janeiro, de pneumonia e falência renal. Catarinense nascido em um distrito de São João Batista, Domingos aprendeu grego, latim, italiano e francês durante os anos em que esteve em um seminário em Curitiba. Acabou desistindo de ser padre e foi cursar letras. Gostava de descobrir coisas novas, como costumava dizer e devorava livros no idioma de Sófocles. Aliás, foi pela tradução de Édipo Rei que, em 2001, ele ganhou o prêmio Jabuti de tradução. Do grego para o português, verteu também Antígona e Electra.

Além de professor e tradutor, Domingos Cegalla foi poeta, romancista e autor de dezenas de livros de português e gramática. Dele, a L&PM publica, em parceria com a Lexikon Editora Digital, o Dicionário de dificuldades da língua portuguesa.

Há cerca de um ano atrás, no início de fevereiro de 2012, falamos com Carlos Augusto Lacerda, sócio administrador da Lexikon, sobre a possibilidade de entrevistar o professor Cegalla a respeito deste dicionário, então recém chegado  à coleção L&PM Pocket. Por email, Carlos Augusto respondeu que, apesar de lúcido aos 91 anos, o professor não usava email e, portanto, melhor seria se preparássemos uma lista de perguntas que o o próprio Carlos Augusto encaminharia a ele para serem devolvidas por escrito.

E foi o que fizemos.

Não muito tempo depois, chegaram até nós as páginas escaneadas que traziam uma caligrafia caprichada e levemente tremida. Manuscritos que, hoje, lamentando a morte do “mágico do livro didático atraente” como a revista Veja o chamou em 1983, compartilhamos aqui neste blog. (Para ler a entrevista com as perguntas e respostas clique aqui)

A primeira página de três. Clique para ampliar

A página 2

A página 3

Domingos Paschoal Cegalla era casado com Dona Dalva. Teve quatro filhos e dois netos. A missa do sétimo dia será hoje (15/2), às 18h30, na Igreja Santa Mônica.

Filme baseado em “On the road” acaba de chegar às locadoras do Brasil

quinta-feira, 14 fevereiro 2013

Você perdeu “Na Estrada”, de Walter Salles, no cinema? Gostou tanto que quer ver de novo? Então corra à locadora mais próxima e alugue o DVD ou Blu-ray do filme baseado em On the Road, de Jack Kerouac. A distribuidora Playarte anunciou que ele já está disponível para locação em todo o Brasil. E para completar, tem promoção no Facebook e Twitter da L&PM que vai dar Blu-ray de presente. Vai lá ver…