Onde há fumaça… há literatura

Já não se fazem mais escritores como antigamente. Pelo menos não daqueles de cachimbo em punho (ou nos lábios). Acessório que já foi tão fundamental quanto a máquina de escrever, ele parece ter caído em desuso. Ou porque os escritores de hoje andam mais saudáveis. Ou porque a moda mudou. De uma forma ou de outra, que o cachimbo tem (ou tinha) estilo, isso é verdade. Jack Kerouac e seus companheiros que o digam…

Jack Kerouac

Georges Simenon

Hunter Thompson

Mark Twain

Raymond Chandler

William Faulkner

Tags: , , , , ,

  1. Luis Fernando disse:

    O mundo é que anda politicamente correto demais. Até me surpreendi quando há alguns dias eu estava assistindo a um documentário recente sobre a ditadura (ou era sobre a imprensa na ditadura) num daqueles canais TV Câmara ou TV Senado, e uma das entrevistadas estava com um cigarro em punho. Deu até um clima nostálgico, quando cada um fazia o que bem entendesse do seus pulmões e os artistas fumavam à vontade na TV. Por causa dessa chatice, fiz questão de escolher uma foto em que estou fumando pra por no topo no meu blog.

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios