Posts Tagged ‘Yann Martel’

“As aventuras de Pi”: um filme que só existe graças a “Max e os felinos”, de Moacyr Scliar

quarta-feira, 26 dezembro 2012

Em 2002, um livro chamado “Life of Pi”, do escritor canadense Yann Martel, foi o grande vencedor do Booker Prize, da Inglaterra. Assim que o prêmio foi anunciado, o jornal britânico The Guardian publicou uma matéria em que afirmava que o livro de Martel era um plágio de Max e os felinos (Coleção L&PM Pocket), obra que Moacyr Scliar (1937-2011) lançou em 1980 e que havia sido traduzida para o inglês em 1990. A partir daí, o circo estava armado e Scliar foi procurado por jornais do mundo inteiro para que desse uma declaração oficial sobre o provável plágio. O que os livros têm em comum e o aconteceu a partir daí, o próprio Moacyr Scliar conta em “Palavra de Escritor”, um vídeo/entrevista feita com ele, em março de 2010, pela L&PM WebTV:

Dez anos depois, o assunto voltou à pauta com a estreia de “Life of Pi” (As aventuras de Pi), filme dirigido por Ang Lee. Independente de ser plágio ou não, uma coisa é certa: a adaptação para o cinema só existe por causa do livro de Martel. E Martel só teve essa ideia por causa de Scliar.

"Max e os felinos" e de "Life of Pi": a imagem da capa não deixa dúvidas de que há algo de semelhante entre as duas histórias

O poster do filme que já está em cartaz no Brasil

O trailer de “Life of Pi” de Ang Lee

terça-feira, 27 novembro 2012

Estreou neste fim de semana nos Estados Unidos o filme “Life of Pi” de Ang Lee, baseado no livro homônimo de Yann Martel, vencedor do Booker Prize em 2002. Além da honraria, o livro ficou conhecido na época por causa de uma polêmica sobre um suposto plágio apontado pelo jornal The Guardian envolvendo o livro Max e os felinos (Coleção L&PM Pocket), obra que Moacyr Scliar lançou em 1980 e que havia sido traduzida para o inglês em 1990.

A estreia nos cinemas brasileiros será em 14 de dezembro. Mas enquanto o filme não chega ao Brasil, dá tempo de ler Max e os felinos e assistir ao trailer de “Life of Pi”, que já está circulando em alguns cinemas por aqui: