Posts Tagged ‘Olimpíadas’

Os escritores e suas modalidades olímpicas

sexta-feira, 5 agosto 2016

Hoje, às 20h, acontecerá a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Nós aqui da L&PM já entramos no clima e separamos alguns escritores campeões em suas modalidades – e não estamos falando apenas de modalidades literárias.

Modalidade levantamento de copo. Jack Kerouac foi atleta de verdade e fazia parte do time de futebol americano da sua universidade. Mas  por problemas no joelho acabou tendo que largar a vida esportiva. Costumava ser bom em levantamento de copo e corrida na estrada sem obstáculos.

Modalidade levantamento de copo

Modalidade lançamento de livro à distância. Agatha Christie chegou a surfar no Havaí, mas acabou percebendo que se dava melhor com os papéis do que com as pranchas. Tornou-se uma das maiores lançadoras e vendedoras de livro do planeta e foi traduzida para 45 línguas.

Modalidade lançamento de livro à distância

Modalidade marcha de cachimbo. Georges Simenon, o criador do inspetor Maigret, não andava sem seu cachimbo. Na verdade, vê-lo sem seu apetrecho seria mais ou menos como ver um jogo de futebol sem bola.

Modalidade marcha de cachimbo

Modalidade revezamento de personalidade. Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Bernando Soares. Ninguém praticava revezamento de heterônimos com tanta habilidade como Fernando Pessoa. Ele não era um escritor, era uma equipe completa.

Modalidade revezamento de personalidade

Modalidade salto sobre mulheres. Charles Bukowski era um excelente levantador de copos e empinador de garrafas – provavelmente melhor do que Kerouac – mas dizem que ele também era um exímio atleta sexual e campeão em salto sobre mulheres.

Modalidade salto sobre mulheres

O tema geral da cerimônia de abertura será a história do povo brasileiro.

Direto de Londres…

sexta-feira, 27 julho 2012

E por falar em Olimpíadas, nossa gerente de marketing, Fernanda Scherer, acaba de mandar notícias fresquinhas de Londres, onde passa suas férias, para dividirmos com os leitores do blog L&PM:

The Olympics are coming

Desde que cheguei em Londres, no início de julho, vi por todos os lados cartazes com a mensagem “The Olympics are coming”. A cidade estava preparando seus moradores para esse grande evento, principalmente em função do grande número de visitantes esperado (1 milhão de pessoas a mais na cidade por dia!). As mensagens traziam o clima dos jogos e, mais do que isso, dicas para “enfrentar” o tumulto nas ruas e no transporte público neste período. 

Um dos cartazes londrinos

Na minha segunda semana aqui todos os jornais e telejornais só falavam em Olimpíadas: a preparação da cidade, os pontos turísticos, a segurança, os atletas e se William e Kate participariam da cerimônia de abertura (e, sim, eles vão). Mas até então parecia que os jogos iam acontecer em lugar distante, que só assistiríamos na TV.

Já na terceira semana as coisas começaram a ficar mais reais. De um dia para o outro bandeiras começaram a surgir pelas ruas, vias olímpicas demarcadas nas avenidas, pessoas com crachás “London 2012″ por todos os lados. Nessa semana todo mundo já estava combinando onde assistir à cerimônia de abertura dos jogos (muitos pubs estarão abertos, além de festas no Hyde Park e outros parques da cidade). Pra quem quer fazer sua própria festa, o site oficial oferece ideias e download de artes para uma festa temática (demais isso, precisamos copiar isso nas Olimpíadas no Brasil #ficaadica). 

E foi ontem, na véspera da abertura dos jogos, que a ficha realmente caiu: eu finalmente vi a tocha olímpica passando nas ruas. E junto com ela eu vi dezenas de voluntários, eu vi pessoas batendo palmas e fazendo barulho enquanto o corredor levava a tocha pela Oxford Street. Eu vi a imensa estrutura por trás disso tudo , vi o bandeiras da Inglaterra pelas janelas eu vi policiais orgulhosos por fazerem parte desse momento. E vi que eu também estava muito feliz por poder participar dessa festa.

A tocha olímpica passando (está nas mãos do corredor de branco)

Hoje o dia é quase feriado na cidade, todos já foram pra casa ou para um pub para assistir ao mega show de abertura. Parece bobagem, mas o clima de olimpíadas vai crescendo dentro da gente, vai crescendo pelas ruas, nos moradores e nas pessoas do mundo todo que estão aqui. Amanhã é meu último dia em Londres e estou ansiosa para finalmente visitar o Parque Olímpico e assistir o jogo de basquete feminino entre Turquia e Angola, pouco antes de embarcar de volta para o Brasil. Afinal, “the Olympics are coming!” (Fernanda Scherer)

Fernanda no Parque Olímpico de Londres

Fernanda no Parque Olímpico de Londres