Posts Tagged ‘Cândido ou O otimismo’

Nova novela das 18h é inspirada em “Cândido ou o Otimismo” de Voltaire

quarta-feira, 20 janeiro 2016

A nova novela das 18h da Globo, “Êta mundo bom!”, estreou na segunda-feira, 18 de janeiro, e já vem recebendo elogios. Em sua coluna no jornal O Globo, a jornalista Patricia Kogut escreve que “foi uma boa estreia” e elogia muitos dos atores da trama. Escrita por Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo, a novela tem entre seus colaboradores a escritora Claudia Tajes, autora da L&PM.

Mas o que chamou a atenção aqui do pessoal da editora foi que o autor, Walcyr Carrasco, afirmou ter se inspirado no livro “Cândido ou o Otimismo”, de Voltaire. Prova disso é que o personagem principal chama-se Cândido – Candinho para os íntimos (Sergio Guizé). Segundo Patricia Kogut, algumas frases da obra já apareceram nos primeiros capítulos, principalmente as ditas por Pancrácio (Marco Nanini), o mentor de Cândido na obra de Voltaire, como “Tudo está bem no melhor dos mundos”. Além de Cândido e Pancrácio, outro nome que aparece no livro também está lá: Cunegundes (Elizabeth Savala).

“O detalhe crucial no entanto é que, na literatura, a coisa não é para ser entendida ao pé da letra. O personagem ingênuo dos ingênuos atravessa as piores tragédias — guerras e o grande terremoto de Lisboa — ouvindo o bordão otimista. Mas é uma grande ironia, puro deboche do filósofo que tinha uma das línguas mais ferinas de seu tempo. Em “Êta mundo bom!”, ao contrário, a pureza é um assunto seriíssimo e unidimensional.” Escreveu ainda Patrícia Kogut.

candido ou o otimismo

 

“Cândido” de luxo e ilustrado

segunda-feira, 4 julho 2011

Uma das sátiras mais famosas da literatura mundial, escrita em 1759 pelo filósofo francês Voltaire, ganhou uma edição limitada de luxo digna de colecionador. A editora The Folio Society fez uma tiragem de apenas 1.000 exemplares de Cândido ou O otimismo ilustrada com cerca de 50 desenhos de Quentin Blake, autor e ilustrador de mais de 300 livros infantis.

Todos os livros trazem a assinatura original do artista, que conseguiu captar o espírito horrível e, ao mesmo tempo, cômico da obra de Voltaire e traduzi-lo em desenhos.

E é claro que isso tudo tem um preço: cada exemplar é vendido a 195 libras! Achou meio salgado? A edição de Cândido ou O otimismo da Coleção L&PM Pocket custa apenas R$11 ou R$ 10 na versão digital.