Posts Tagged ‘Arpoador’

Fernanda Montenegro e Millôr Fernandes

terça-feira, 28 maio 2013

Fernanda Montenegro e Millôr Fernandes eram amigos. Ela encenou peças escritas por ele. Ele escreveu um texto sobre ela da Série Retratos em 3 x 4 de alguns amigos 6 x 9 que está no verbete “Fernanda Montenegro” do livro Millôr definitivo – A Bíblia do Caos:

Sua vida é um palco iluminado. À direita, as gambiarras do perfeccionismo. À esquerda, os praticáveis do impossível. Em cima, o urdimento geral de uma tentativa de enredo a ser refeito todas as noites, toda a vida. Atrás, os bastidores, o mistério essencial. Embaixo, o portão, que torna viáveis os mágicos, inspiração do teatro, que é uma fé, e comove montanhas. (…) Incansável operária, pisa na ribalta nua e mostra todas as noites que o teatro e a vida são apenas duas tábuas e uma paixão. (…) E após o final, na solidão da glória, poder escutar, no silêncio e no escuro, o último espectador que se afasta das aleias desertas.

A amizade entre Millôr e Fernanda Montenegro atravessou décadas

A amizade entre Millôr e Fernanda Montenegro atravessou décadas

Fernanda Montenegro e Millôr Fernandes nos anos 1990

Fernanda Montenegro e Millôr Fernandes nos anos 1990

Saudades do amigo: Fernanda participou da inauguração do Largo do Millôr e depois do banquinho do Millôr que aconteceu em 27 de maio de 2013

Saudades do amigo: Fernanda participou da inauguração do Largo do Millôr e depois do banquinho do Millôr que aconteceu em 27 de maio de 2013 na Praia do Arpoador no Rio de Janeiro

A inauguração do Banquinho do Millôr

quinta-feira, 23 maio 2013

Este convite chegou hoje pra gente. Na próxima segunda-feira, a ponta do Arpoador vai ganhar um banco especial, que tem o nome do nosso querido e saudoso amigo Millôr Fernandes. Um lugar para sentar e apreciar as belezas cariocas que o grande artista tanto admirava.

O convite oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro

O convite oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro

O “Largo do Millôr” na praia do Arpoador

quinta-feira, 5 julho 2012

Millôr Fernandes morreu no dia 27 de março deste ano aos 88 anos. Na segunda-feira, 2 de julho, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, assinou um decreto, dando ao largo que existe entre o fim da praia do Arpoador e o início da Praia do Diabo o nome de “Largo do Millôr”.  Ao fazer esta homenagem, a cidade segue a tradição de batizar alguns de seus locais mais nobres como “Largo do Machado”, “Largo da Carioca” entre outros. Millôr  foi um apaixonado pelo Rio de Janeiro e uma das figuras mais ilustres da cidade. O largo com o seu nome consagrará o local por onde Millôr passou quase todos os dias nos últimos 60 anos. Ali, ele jogou frescobol e por ali ele passou, milhares de vezes, em suas corridas ou caminhadas diárias. Como disse seu filho Ivan Fernandes no e-mail em que convida para a inauguração do “Largo do Millôr”, parafraseando Machado de Assis, “esta sim é a glória que fica, honra, eleva e consola”. A inauguração da placa com o nome de “Largo do Millôr” se dará na próxima sexta-feira, dia 6 de julho, às 17 horas, com direito a show de bossa-nova.

Todos os que estiverem no Rio de Janeiro e admiram este grande gênio da cultura brasileira estão convidados. Como diz o samba, a festa vai ser grande e não tem hora para acabar.

O jovem Millôr, jogando frescobol no Arpoador, praia que agora terá um Largo com seu nome

A L&PM publica várias obras de Millôr Fernandes.