Posts Tagged ‘Alexandre’

Alexandre, o Grande no Museu do Louvre

sexta-feira, 14 outubro 2011

A história é viva e nem mesmo o nosso passado – tal qual o conhecemos, pelo menos – pára de se modificar. Uma prova disso é a exposição No reino de Alexandre, o Grande – Macedônia Antiga que foi inaugurada esta semana no Museu do Louvre, na França. São 500 objetos encontrados ao longo das últimas três décadas (em sua maior parte inéditos para o grande público) que ajudam a recontar a história da Macedônia do século 15 até o império romano.

As novas descobertas ajudam também a entender melhor, e de forma mais precisa, as origens de um dos maiores líderes que o mundo já conheceu – pois antes de ser “o Grande”, Alexandre era macedônio. Mas não só isso. Tudo o que conhecemos hoje sobre a produção artística, a educação, o cotidiano e a religião de homens e mulheres que viveram naquela região está sendo revisitado.

A máscara de ouro que sorri

Entre os objetos encontrados, esculturas, vasos e cerâmicas atestam a extraordinária e refinada produção artística da época. Máscaras  e capacetes de bronze sublinham a presença e a importância da guerra no cotidiano e no imaginário daquele povo. Mas ao mesmo tempo, alguns achados supreendem, como uma máscara de guerra inteiramente esculpida em ouro que retrata os contornos e relevos de um rosto que sorri. É aí que entra em cena o desafio de interpretar estes sinais aparentemente paradoxais deixados para a posteridade.

Entre centenas de outros objetos, foram encontrados também duas estátuas. Uma delas está segurando uma lança e acredita-se que seja uma representação do deus Pan caçando leões. A outra retrata um jovem rapaz de traços delicados, mas com o olhar seguro, mirando ao longe. Aí ficou fácil: segundo os pesquisadores, seria a imagem do próprio Alexandre, o Grande.

A exposição No reino de Alexandre, o Grande – Macedônia Antiga vai até o dia 16 de janeiro de 2012 no Museu do Louvre. Mas se você não tem planos de ir a Paris nos próximos meses e quer conhecer um pouco mais sobre a história de um dos maiores líderes que o mundo já conheceu, vale ler o volume sobre Alexandre, o Grande da Série Encyclopaedia.

Alexandre, o disputado

terça-feira, 16 agosto 2011

Suposta estátua de Alexandre, O Grande em Skopje, capital da Macedônia

O embate político entre gregos e macedônios, que já dura 20 anos, ganhou um novo foco de conflito: uma estátua de Alexandre, O Grande em Skopje, capital da Macedônia. Todo mundo sabe que o famoso imperador nasceu na Macedônia, mas com o novo arranjo territorial e político da região, a cidade de Pella, berço de Alexandre, ficou na parte grega do território.

Aliás, desde a independência da República da Macedônia, os gregos têm um pé atrás com a escolha (nada original) do nome do novo país, pois temem que os novos vizinhos reivindiquem o restante do território homônimo que continua sob domínio grego.

Mas voltando ao assunto: para todos os efeitos, Alexandre, O Grande é grego. E sendo assim, não há razão para uma homenagem desta dimensão (a estátua tem 22 metros de altura!) em território macedônio, certo? Mais ou menos. Os macedônios, por sua vez, tiram o corpo fora e garantem que a estátua não representa o nobre imperador, mas “apenas um guerreiro a cavalo”, sem identidade definida.

Ficou o dito pelo não dito – ou melhor, o feito pelo não feito. Mas o mais controverso é que a construção do monumento em questão faz parte de um grande esforço governamental para renovar a cidade de Skopje, capital da República da Macedônia, que inclui entre outras obras, a construção de uma estátua do rei Filipe II, pai de Alexandre. Suspeito, no mínimo.