Posts Tagged ‘A graça da coisa’

Martha Medeiros e a lista nacional

sexta-feira, 28 fevereiro 2014

POR TRÁS DAS LISTAS

Valor Econômico – 28/02/2014 – Por Joselia Aguiar

Listas só com autores nacionais não costumam ser preparadas pelas livrarias e veículos da imprensa. A disputa de nacionais com estrangeiros é quase sempre inglória para os primeiros. A literatura daqui representou 4,8% do faturamento do mercado em 2013, informa a GfK. A estrangeira, com 21,3%, manteve-se como o maior dos segmentos. Para chegar a um posto entre os dez mais vendidos o título precisa alcançar num mês a marca de 15 mil exemplares vendidos. A meta a atingir numa lista exclusivamente de nacionais é bem mais razoável: 2 mil. Num ranking de 50 de literatura brasileira elaborado pela GfK, o primeiro lugar tem Paulo Leminski, com a antologia Toda poesia. Martha Medeiros surge em segundo e quinto com, respectivamente, A graça da coisa e Feliz por nada. Fernanda Torres está em terceiro com seu romance de estreia, Fim e Luis Fernando Verissimo, em quarto e décimo, com Diálogos impossíveis e Os últimos quartetos de Beethoven

(Via Publishnews)

Sucesso: "A Graça da coisa", de Martha Medeiros já está na 22ª edição.

Sucesso: “A Graça da coisa”, de Martha Medeiros já está na 22ª edição.

 

Martha Medeiros com Fátima Bernardes, Giulia Gam e Anderson Rizzi

quarta-feira, 18 setembro 2013
martha

Martha Medeiros participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes” na quarta-feira, 18 de setembro

Na manhã de quarta-feira, 18 de setembro, a escritora Martha Medeiros participou do “Encontro com Fátima Bernardes”. No programa, Martha, junto com a atriz Giulia Gam (a Barbara da novela Sangue Bom) e com o ator Anderson Rizzi (o Carlito da novela Amor à Vida) debateu sobre como lidar com o fim de um relacionamento.

Martha Medeiros autografa seu livro A graça da coisa hoje, a partir das 19h, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon no Rio de Janeiro.

Em entrevista a TVCOM, Martha Medeiros fala sobre “A Graça da Coisa”

sexta-feira, 6 setembro 2013

Martha Medeiros foi entrevistada por Sara Bodowski para o programa TVCOM Tudo Mais.  A escritora falou sobre o livro que acaba de lançar, A Graça da Coisa. Assista abaixo:

Novo livro de Martha Medeiros chega às livrarias nas próximas semanas

quarta-feira, 17 julho 2013

A graça da coisa” é o novo livro de crônicas de Martha Medeiros que está quase chegando às livrarias. A previsão era a de que ele estivesse disponível para compra a partir de 18 de julho, mas um pequeno atraso na gráfica fará com que o lançamento ocorra a partir do dia 23 de julho.

martha_graca_da_coisa

O Jornal Zero Hora de quarta-feira, 17 de julho, publicou uma matéria em que Martha – diretamente de Londres – falou um pouco sobre “A graça da coisa“. Leia abaixo:

Por uma vida menos rabugenta

Luiza Piffero – Segundo Caderno do Jornal Zero Hora - Pg. 3

Como uma consulta ao psiquiatra que dá certo, os textos de Martha Medeiros partem das neuroses do dia a dia e desembocam num convite para encará-las com mais leveza. Para sentar no divã com a autora, basta abrir A Graça da Coisa, livro que reúne 80 crônicas publicadas em Zero Hora e no jornal O Globo, entre maio de 2011 e junho de 2013, com lançamento nacional amanhã.

– É um convite a enxergar a vida sem tanta rabugice. Por trás de tudo, mesmo das coisas mais sérias, há algo que desperta nosso humor – diz a cronista.

A Graça da Coisa pede que o leitor se deixe conduzir por dúvidas que nem sempre querem ser respondidas, assim como insights sobre as relações humanas, comentários sobre filmes ou anedotas cômicas.

– Escrevo para compreender o que penso sobre determinado assunto, é algo pessoal que reparto com os leitores, uma terapia em grupo – explica a cronista, em entrevista de Londres, onde realiza uma imersão na língua inglesa com retorno marcado para agosto.

Do seu consultório particular, Martha emerge com a convicção de que a saída é encontrar a “graça” da coisa, sendo que essa coisa desforme é a própria vida. Sua maior satisfação é quando o leitor entra mesmo na sessão:

– Me toca muito quando me dizem que, de certa forma, participei de algum momento delicado de suas vidas… Fico impressionada como o colunista pode, à distância, interagir com a vida íntima de quem não conhece.

Do jornal ao livro, as crônicas sofreram poucas modificações. A transição é importante, diz a autora, para garantir maior vida útil ao pensamento da crônica, além de confirmar a autoria do texto, pois há versões adulteradas de seu trabalho circulando pela web. Em A Graça da Coisa, estão reunidos os escritos mais atemporais e também os preferidos pela autora – a sessão de autógrafos deve ocorrer na Feira do Livro. Por enquanto, Martha segue frequentando a The London School of English. Embora não tenha a intenção de começar a escrever em inglês, ela revela que os estudos foram impulsionados por um convite para integrar informalmente a equipe da The School of Life, iniciativa do filósofo Alain de Botton que está se estabelecendo no Brasil.

 

A graça do novo livro de Martha Medeiros

segunda-feira, 8 julho 2013

Está marcado para chegar em 18 de julho o mais recente livro de Martha Medeiros, “A graça da coisa“. A nova obra da autora que é sucesso em todo o Brasil reúne 80 crônicas que abordam o amor, o cinema, os relacionamentos, as relações familiares, entre muitos outros.

Sou uma escritora de apartamento, digo com o mesmo tom pejorativo que classificamos crianças de apartamento. Deveríamos estar cercados por jardins, margens de rio, praias abertas, mas vivemos confinados entre quatro paredes que de certa forma aleijam a inspiração. Escrever, lógico, me oferece várias oportunidades de fuga. Estou onde estou, fisicamente, mas também não estou: invento meu próprio lago, pátio, horizonte. Até que volto a ser atingida pela consciência do inevitável: não é o barulho do mar que escuto, nem o das folhas caindo nesse final de outono, e sim o de betoneiras, perfuratrizes, compactadores, rolos compressores. De poético, me restou apenas a chuva. Quando chove, a obra para. Quando chove, o helicóptero some. Quando chove, o silêncio me pisca o olho: “Aproveita a trégua e me escuta”. (Trecho da crônica “Barulhos urbanos”)

A_graca_da_coisa