Onde está meu rock’n'roll?

O jornal britânico The Guardian publicou esta semana uma matéria intitulada RIP rock’n'roll, anunciando a morte do gênero musical mais ousado e jovem do mundo. O motivo do óbito, segundo o jornal, é que na lista das 100 músicas mais vendidas no Reino Unido em 2010, há apenas 3 rocks. A notícia deixou em polvorosa os admiradores do gênero e inspirou posts emocionados em blogs e fóruns sobre o assunto.

O site da Blitz, revista portuguesa especializada em música, promoveu uma discussão sobre o tema, que teve intensa participação dos leitores. A maioria, é claro, saiu em defesa do rock’n'roll, questionando os critérios e até a validade do ranking das músicas mais vendidas no Reino Unido. Mas houve também quem concordou com o jornal e defendeu corajosamente que o bom e velho rock’n'roll está mesmo perdendo espaço para outros ritmos como indie ou britpop.

E você, de que lado fica?

Para tirar suas próprias conclusões sobre esta polêmica, leia Mate-me por favor (dois volumes), que narra o nascimento do punk rock, desde a Factory de Andy Warhol até o Max’s Kansas City nos anos 60 e 70, chegando ao Reino Unido nos anos 80.

O livro entra nos camarins e nos apartamentos de astros como Iggy Pop, Patti Smith, Dee Dee e Joey Ramone para reviver os dias de glória do Velvet Underground, Ramones, New York Dolls, Television e Patti Smith Group entre outros.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Nikelen Witter, Ramon Gonzales , Leonardo Passos and others. Leonardo Passos said: De novo esse papo? Morreu pra mídia, só isso! RT @LePM_Editores: #blog The Guardian anuncia a morte do rock'n'roll! http://bit.ly/hDSd9y [...]

  2. Rody Cáceres disse:

    AS novas bandas são horríveis, resta-nos apenas os medalões. Acho que concordo com o The Guardian.

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios