O escritor que amava as crianças

James Matthew Barrie era filho de um fiandeiro, neto de um pedreiro e o nono de dez filhos. Nascido em 9 de maio de 1860, no vilarejo escocês de Kirriemuir, Jamie (assim chamado quando criança) cresceu ouvindo as histórias de piratas que a mãe contava, saídas principalmente dos livros de Robert Louis Stevenson. Adolescente, mudou-se para Edimburgo. Adulto, escolheu Londres como morada. Foi jornalista, escritor independente, autor de teatro, amigo de Conan Doyle. E entrou para a história como o criador de um dos mais célebres personagens da literatura infantojuvenil: Peter Pan, escrito como peça de teatro em 1904 e só publicado em livro em 1911. J.M. Barrie nunca teve filhos, mas adorava crianças e a ideia do menino que vivia na Terra do Nunca foi inspirada nas brincadeiras dos irmãos Peter, George, John (Jack), Peter, Michael and Nicholas (Nico) Llewelyn Davies.

Barrie adorava brincar com as crianças. Na foto, ele e Michael, irmão de Peter

Barrie adorava brincar com as crianças. Na foto, ele e Michael, irmão de Peter

Com um dos irmãos Lewe

O escritor com um dos irmãos Llewelyn Davies

Assista a um vídeo que mostra o criador de Peter Pan em 1932, aos 72 anos, brincando de roda com as crianças:

James Matthew Barrie morreu de pneumonia em 19 junho de 1937. Seu funeral foi acompanhado por milhares de pessoas.

A Coleção L&PM Pocket publica a história original de Peter Pan – Peter e Wendy seguidos de Peter Pan em Kensington Gardens.

Tags: , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios