690 mil libras na palma da mão

As irmãs Charlotte e Emily Brontë (autora de O morro dos ventos uivantes) começaram a escrever muito cedo. Como várias meninas, foi na adolescência que elas arriscaram suas primeiras aventuras no mundo da literatura. A diferença é que algumas das histórias criadas pela irmãs Brontë na adolescência apareceram mais tarde em livros de gente grande.

Em um dos manuscritos da época, foi encontrada a versão original de uma cena que aparece no romance Jane Eyre, de Charlotte Brontë, em que Bertha, a esposa de Mr Rochester, tenta matar o marido ateando fogo nas cortinas do quarto. O conjunto de 19 páginas com cerca de 4 mil palavras foi leiloado pela Sotherby’s na semana passada pela bagatela de 690 mil libras. Apesar da grandeza literária e do número de zeros do seu valor de venda, o manuscrito parece “coisa de criança” e cabe na palma da mão.

O leilão foi arrematado pelo Museu de Letras e Manuscritos de Paris e deve ser exposto ao público a partir de janeiro. Há outros quatro manuscritos semelhantes em exposição no Brontë Parsonage Museum, fundado e mantido pela família Brontë.

Tags: , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios