Posts Tagged ‘Raymond Scott’

Homem é condenado por ocultar original de Shakespeare

segunda-feira, 2 agosto 2010

Vamos evitar clichês e não começaremos este texto com “a justiça tarda mas não falha” – mesmo porque às vezes ela falha. Mas não foi esse o caso do julgamento de Raymond Scott, aquele sujeito estranho preso em 2008  sob a acusação de roubar um original de Shakespeare da Universidade de Durham. Contamos a história toda nesse post, do dia 23 de junho.
Pois bem, agora, no início de agosto, Scott foi finalmente inocentado do roubo. Ainda assim, foi condenado a oito anos de prisão por ocultar um objeto roubado e tirá-lo do território britânico. Segundo o promotor, ele ainda teria rasgado a encadernação, a capa e as páginas do manuscrito. Para o juiz, Scott  praticou “vandalismo cultural de um tesouro da Inglaterra”.

Com informações da Folha de São Paulo

Acusado de roubar obra de Shakespeare vai a julgamento

quarta-feira, 23 junho 2010

Em 1998, o First Folio (Primeiro Fólio), publicado em 1623 e considerado uma das obras mais importantes da literatura inglesa, foi roubado da Universidade de Durham. Só reapareceu 10 anos depois, quando um playboy chamado Raymond Scott se apresentou na Folger Shakespeare Library de Washington tentando vendê-lo. Ele alegava, e ainda alega, que o livro foi presente de um amigo cubano. O fato é que os funcionários da Biblioteca não acreditaram muito nessa história, ligaram para a polícia e a perícia confirmou que se tratava da obra roubada.

Edição publicada em 1623 reapareceu em público / Reprodução The Independent

Scott foi preso em janeiro de 2009, mas pagou a fiança e foi solto pouco depois. Agora, em junho de 2010, o julgamento teve início. Começou na semana passada e deve se estender até julho. No último sábado, 19, o First Folio foi levado ao tribunal e mostrado em público pela primeira vez desde 1998. Já Scott, o acusado, quer mesmo é aparecer. Chegou ao tribunal de limusine, usando um chapéu panamá e fazendo o V de vitória para os fotógrafos…

Veja todas as obras de Shakespeare publicadas pela L&PM.