O primeiro manuscrito de Shakespeare

O americano Henry Clay Folger (1857 – 1930) adquiriu seu primeiro original de Shakespeare em 1893. É isso mesmo, você não leu errado: estamos falando dos manuscritos originais das peças de um dos maiores dramaturgos de todos os tempos! Depois de ter em mãos o primeiro, conseguir os outros virou obsessão. Durante 35 anos, Folger conseguiu juntar cerca de 82 originais dos 232 que se tem notícia, e agora eles estão em exposição na Folger Shakespeare Library, espaço fundado por ele em Washington para abrigar suas relíquias.

Sala de leitura da Folger Shakespeare Library

O curador Owen Williams examina os demais manuscritos guardados em um cofre no subsolo da Folger Shakespeare Library

Além dos 82 originais de Folger (entre eles o primeiríssimo fólio de Shakespeare), outras 10 peças originais que pertencem a outro colecionador também fazem parte da exposição Fame, Fortune & Theft: The Shakespeare First Folio, que vai até o dia 3 de setembro.

O primeiro fólio de Shakespeare em exibição

Não fosse por estes colecionadores ávidos como Henry Clay Folger e outros que o antecederam, talvez não conheceríamos hoje obras como A tempestade, Macbeth, Noite de Reis e Júlio César.

Leia mais sobre o acervo e outros detalhes da exposição no jornal The New York Times.

Tags: , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios