Agatha Christie saturada de Hercule Poirot?

Agatha Christie em 1971 Foto: Divulgação

Agatha Christie estava cansada de seu mais famoso personagem, Hercule Poirot. Foi o que declarou o neto da Rainha do Crime, Mathew Pritchard durante uma entrevista à radio da revista Times.

“Nunca faltou a ela ideias para seus livros, mas algumas dessas ideias não eram apropriadas para Poirot, dessa maneira ela se exorcizava dele escrevendo histórias diferentes com novos personagens”, contou.

Agatha Christie repassou os direitos de seu trabalho para sua filha e seu neto antes de morrer aos 85 anos, em 1976.

Pritchard revelou ainda outras curiosidades sobre sua relação com a avó: “Ela era uma pessoa muito generosa. Quando eu tinha nove anos ela assinou ‘A Ratoeira’ para mim. Eu era jovem demais para apreciá-lo na época”.

O livro Guinness de Recordes Mundiais afirma que a escritora britânica é a maior vendedora de livros de todos os tempos, chegando ao número de dois bilhões em vendas. Também é a autora mais publicada em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare.

Entre os quase trinta títulos que a L&PM publica, estão “Assassinato no Expresso Oriente” adaptado para os quadrinhos. Em breve, chegará também “O caso dos dez negrinhos e Morte na Mesopotâmia” também em HQ.

Quem quiser saber tudo (ou quase tudo) sobre esta grande escritora pode visitar o Hotsite especial Agatha Christie http://www.lpm-agathachristie.com.br

Tags: , , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios