Desenhos desconhecidos de Van Gogh são publicados em livro (mas será que são verdadeiros?)

Nesta terça-feira, 15 de novembro, uma notícia deixou o mercado de artes de orelhas em pé. Em uma coletiva de imprensa que aconteceu em Paris, foi anunciado que uma série de desenhos nunca antes vistos de Vincent Van Gogh serão publicados em um livro, no dia 17 de novembro, simultaneamente na França, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Holanda e Japão.

O livro “Vincent Van Gogh – Le brouillard d’Arles” (Vincent Van Gogh – A névoa de Arles) mostra, em meio às suas 288 páginas, “um número significativo de desenhos” desconhecidos. Entre eles, o que está na capa do livro: um retrato com chapéu de palha. O atestado de que os desenhos são mesmo de Van Gogh foi dado por uma das maiores especialistas na obra do pintor holandês, a canadense Bogomila Welsh-Ovcharov, uma das curadoras da exposição “Van Gogh em Paris”, que aconteceu em 1988 no Museu d’Orsay. Ela disse que foi chamada na França por Franck Baille, que administra uma casa de leilões de Paris, para verificar se um antigo caderno de desenhos encontrado em um depósito em Arles poderia ser de Van Gogh. Ela contou que olhou para o caderno e viu todos os elementos possíveis de Van Gogh e que tem certeza de que são mesmo dele.

Nevoeiro de Arles

 Já em Amsterdã, os especialistas do museu Van Gogh torceram o nariz. Isso porque eles acham muito estranho que um caderno com 65 desenhos tenha sido “encontrado” por acaso. Também consideram suspeito o fato de que, no lugar de serem reunidos em uma exposição, estes desenhos tenham sido fotografados para virar livro. E desconfiam do fato de que os originais só tenham sido vistos pelo leiloeiro, o proprietário misterioso (que ninguém sabe quem é), a especialista canadense e o editor. Segundo o museu holandês, eles receberam 56 fotografias de alta qualidade do total dos 65 desenhos e, após serem avaliadas, chegaram à conclusão de que são imitações e não Van Goghs verdadeiros.

E agora, Van Gogh? É ou não é?

Conheça os livros sobre Van Gogh publicados pela L&PM.

 

Tags:

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios