Homenagens a Camões no Dia de Portugal

camoes O dia 10 de junho é feriado nacional em Portugal para marcar o dia da morte de seu maior poeta e um dos mais importantes da língua portuguesa no mundo: Luis Vaz de Camões, autor do célebre Os Lusíadas. Celebrado como o “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”, o dia 10 de junho prevê diversas cerimônias militares, exposições, concertos, cortejos e desfiles, além de uma cerimônia de condecorações feita pelo Presidente da República. Todos os anos, uma cidade é eleita para ser sede das comemorações oficiais e este ano a escolhida é Elvas, no distrito português de Portalegre.

O Dia de Portugal é tão solene que até o doodle do Google de hoje (http://www.google.pt) presta sua homenagem:

diadeportugal

Mas é em Lisboa que acontece  a maior de todas as homenagens ao Dia de Camões: o ator António Fonseca recita “Os Lusíadas” completo durante cerca de 13 horas no no Jardim de Inverno do Teatro Municipal São Luiz. “‘Os Lusíadas’ é uma obra muito difícil de ler, mas muito fácil de ouvir”, explica o ator, acrescentando que “mesmo que o público não apanhe todas as referências, as histórias de vida são sempre imediatas”. É a terceira vez que António Fonseca realiza tamanha façanha.  “Não existe muita diferença entre isto e uma sinfonia. Recitei alguns cantos numa aldeia perto de Guimarães e o público ficou encantado, desatando uma série de nós e viajando num caldo que é muito nosso”. De Lisboa à Índia, a viagem de hoje, narrada por Camões e recitada por Antonio, começa às 10h30 e segue até 23h30, com direito a uma pequena pausa para o almoço e uma ajudinha na reta final: o último canto é recitado com o auxílio de outros atores, seus colegas, pois é “de longe, o canto mais complicado”. Quem nos dera estar lá pra conferir!

antonio_fonseca

Flyer do evento (clique para ampliar)

A L&PM publica Os Lusíadas com organização, apresentação, notas (são mais de 2.400 notas explicativas!) e cronologia de Jane Tutikian.

Tags: ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios