O coelho mais famoso dos quadrinhos

Mônica e seu coelho nasceram juntos e apareceram pela primeira vez em uma tirinha do Cebolinha publicada em 3 de março de 1963. De lá pra cá, Mônica e ele nunca se separaram. Mas engana-se quem pensa que o bichinho de pelúcia já nasceu azul e com o nome de Sansão.

Como o coelho de verdade que pertencia a filha de Mauricio de Sousa, ele era amarelão, recheado de palha, grandão, pesado e sem nome. E acabou destruido pelo uso. Já o segundo coelho da menina, esse sim, era azul e fofo. E foi um presente que a menina recebeu em programa de TV que participou com seu pai.

O coelho, no entanto, permaneceu 20 anos sem nome e, somente em 1983, através de um concurso promovido entre os leitores dos gibis, é que ele passou a se chamar Sansão. A sugestão veio de uma menina de 2 anos chamada Roberta Carpi, e Ribeirão Preto.

A primeira história em que o Sansão apareceu com seu nome definitivo foi intitulada “Tum Dum Tum Dum Tum Dum”, na revista “Mônica” nº 161, em setembro de 1983.

O verdadeiro coelho Sansão que a filha de Mauricio de Sousa guarda até hoje

O verdadeiro coelho Sansão que a filha de Mauricio de Sousa guarda até hoje

Tags: , ,

  1. Víctor Hugo Neira Muñoz disse:

    Duvido que seja mais famoso mundialmente que “Bugs Bunny”; ou Pernalonga em português; Serapio o “Conejo de la Suerte” em espanhol…

    • Paula Taitelbaum disse:

      Oi Victor Hugo, acreditamos que ele é o mais famoso coelho “de pelúcia” dos quadrinhos. Pernalonga, claro, é mais famoso, mas não é de pelúcia. Abraço!

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios