Agatha Christie e a lenda cigana

Em seu relatório de 23 de maio de 1967, o parecerista da editora Collins atestava que o novo livro de Agatha Christie, Noite sem fim, era “excepcionalmente bom de se ler. A atmosfera é soturna desde o início e todos os menores truques e arabescos são usados para aumentar esse efeito”. No mês seguinte do lançamento do livro, que aconteceu em 30 de outubro de 1967, Agatha Christie admitiu em entrevista à revista The Times que Noite sem fim “é muito diferente de tudo o que fiz até hoje – mais sério, realmente uma tragédia. (…) Em geral, levo três ou quatro meses para fazer um livro, mas escrevi Noite sem fim em seis semanas. Se conseguimos escrever rapidamente, o resultado é mais espontâneo. Ser Mike não foi difícil”.

Entre os méritos de Noite sem fim, está justamente o de Agatha “Ser Mike”. Aos 75 anos, idade que tinha quando escreveu o livro, ela surpreendeu ao dar voz a um rapaz de classe operária. Mike é Michael Rogers que, logo no início do romance, casa-se com uma rica herdeira norte-americana e vai morar com ela no Campo do Cigano, um lugar que parecia perfeito para começar uma vida a dois. Mas o Campo do Cigano guarda grandes mistérios e o casal é alertado por uma cigana sobre os “perigos” de viverem neste local “amaldiçoado”. Ignorando o aviso, eles permanecem ali. É quando um acidente fatal acontece e uma trama monstruosa começa a se desenrolar…

A ideia de escrever o livro provavelmente começou a nascer quando Nora Prichard, avó paterna do neto de Agatha, contou sobre a lenda que envolvia uma terra cigana. Nora vivia em Gypsy´s Acre, no Vale de Glamorgan, País de Gales, onde, muitos anos antes, um acampamento cigano que ficava nas proximidades foi removido. Para se vingar da expulsão, o chefe do grupo amaldiçoou o lugar. A partir de então, inúmeros acidentes de carro ocorreram na vizinhança e a lenda ganhou força. Em agradecimento à história contada, Agatha dedicou Noite sem fim à sogra da filha: “A Nora Prichard, de quem ouvi a lenda do Campo do Cigano pela primeira vez.”

Noite sem fim recebeu as melhores críticas na época de seu lançamento e é um dos livros preferidos da Rainha do Crime.

E por falar em Agatha Christie, já deu uma olhada no hotsite dela?

Tags: , , ,

  1. [...] mais: Agatha Christie e a lenda cigana « Blog da L&PM Editores Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag agatha, christie, cigana:, [...]

  2. [...] Blog: L&PM Editores – Blog de Agatha Christie Post: Agatha Christie e a lenda cigana Em seu relatório de 23 de maio de 1967, o parecerista da editora Collins atestava que o novo livro [...]

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios