Posts Tagged ‘Vitor Ramil’

Viva a loucura!

sexta-feira, 1 março 2013

“Os loucos não possuem orelhas” (Shakespeare em Romeu e Julieta)

Em Elogio da loucura, o teólogo Erasmo (1469 – 1536)  faz uma ode aos insensatos. E diz logo no início do livro: “Está escrito no primeiro capítulo do Eclesiastes: ‘O número de loucos é ininito’. Ora, esse número infinito compreende todos os homens, com exceção de uns poucos, e duvido que alguma vez se tenha visto esses poucos.”

E lá pelo meio do livro completa: “Em minha opinião, quanto mais espécies de loucura houver, maior a felicidade…”

Então, como hoje é sexta-feira, aproveite para liberar um pouco dessa loucura sã que existe dentro de você. E se precisar de trilha sonora, aqui vão algumas. Porque apesar dos loucos não terem orelhas, como disse Shakespeare, eles adoram música.


 

Mas lembre-se: se no meio da loucura, você beber, não volte para casa dirigindo…

Vitor Ramil em turnê nordestina

terça-feira, 31 maio 2011

Da estética do frio diretamente para a estética do sertão. Hoje, 31 de maio, às 19h30min, o músico Vitor Ramil começa sua turnê pelo nordeste, em shows com entrada franca. Veja a programação: 

Vitor Ramil com Carlos Moscardini no projeto Cultura Musical do Centro Cultural do Banco do Nordeste.

Show – Dia 31/05/11 – terça-feira às 19:30
Local: Centro Cultural Banco do Nordeste – Juazeiro
End: Rua São Pedro, 337 – Centro – Juazeiro do Norte
Entrada Franca

Show – Dia 01/06/11 – quarta-feira às 19:30
Local: Centro Cultural Banco do Nordeste – Sousa
End: Rua General José Gomes de Sá, 7  Centro – Sousa
Entrada Franca

Vitor Ramil com Carlos Moscardini no projeto Cariri Mostra Musical Ibero Americana

Palestra – Dia 03/06/11 – sexta-feira das 10h às 12h
(Participação de Vitor Ramil na mesa de debate. Tema Conexões Sul Sur)
Local: Teatro Violeta Arraes – Fundação Casa Grande – Nova Olinda
End: Rua Jeremias Pereira, 444 – Centro Nova Olinda
Entrada Franca

Show – 04/06/11 – Sábado às 20:00
Local: Teatro Violeta Arraes – Fundação Casa Grande – Nova Olinda
End: Rua Jeremias Pereira, 444 – Centro Nova Olinda
Entrada Franca

Para os que não estarão por lá nestas datas, nós sugerimos ouvir “Deixando o pago”, música feita a partir de um poema de João da Cunha Vargas.