Posts Tagged ‘Sílvio Lancellotti’

Silvio Lancellotti lança uma versão brasileira de “Ulisses”

quinta-feira, 20 outubro 2011

Você lembra o que estava fazendo em 13 de outubro de 1977? Você nem era nascido? Pois então saiba que este foi o dia da final do Campeonato Paulista daquele ano, vencido pelo Corinthians (após 23 anos sem títulos) e também o dia em que o general Sylvio Frota foi destituído do cargo de ministro do Exército, marcando a abertura do governo Geisel. 

Agora, 34 anos depois, esta data serviu de inspiração para o novo livro de Silvio Lancellotti (que, claro, é torcedor do Corinthians). “Em Nome do Pai dos Burros”, da editora Global, é um romance influenciado por “Ulisses”, de James Joyce, já que se passa inteiro em apenas um dia e mistura diferentes gêneros narrativos: traz, por exemplo,  um discurso de Lênin, uma receita de camarão (Lancellotti tem vários livros de receita na Série Gastronomia L&PM) e um capítulo escrito em forma de ópera.

Além de seus livros de receita, Lancellotti publicou pela L&PM Editores Honra ou Vendetta e Tony Castellamare jamais perdoaDesejamos muito sucesso com o novo livro, Silvio!

Silvio Lancelloti acaba de lançar, pela editora Global, o livro "Em Nome do Pai dos Burros"

Minestrone: uma receita inesquecível

sábado, 27 agosto 2011

Minestrone é uma receita que alimentou inúmeras gerações. Silvio Lancellotti recupera esse prato e o eterniza em 100 receitas de macarrão, um livro com receitas imperdíveis.

MINESTRONE

Ingredientes (para quatro pessoas):

50g de manteiga. 100g de pancetta de porco, a sua barriguinha já curtida, cortada em lasquinhas delicadíssimas. 2 dentes de alho micrometricamente picadinhos. 100g de cebola branca, micrometricamente batidinha. 100g de rodelinhas bem delicadas de cenoura. 2 folhas de salsão, talhados em tirinhas finérrimas, na sua transversal. 100g de rodelinhas bem delicadas de abobrinha, com as casca. 100g de vagens, livre de suas pontinhas, cortadas em pedaços de 2cm de comprimento. 100g de feijões brancos, frescos. 4 tomates, sem as pele, sem as sementes e sem os seus brancos internos, em dadinhos. 2 litros de água fresca e declorada. 300g de macarrão do tipo argolinhas ou estrelinhas. Sal. Pimenta-do-reino. Um punhado de folhinhas de manjericão. Parmesão ou pecorino, finalmente raladinho.

Modo de fazer:

Num caldeirão, derreto a manteiga. Nela, rapidamente, douro a pancetta. Agrego o alho, a cebola, a cenoura, o salsão, o alho-poró, a abobrinha e as vagens. Refogo, ternamente, sem machucar os vegetais. Cubro com água, levemente condimentada. Levo à fervura. Rebaixo o calor. Tampo. Reduzo o líquido a cerca de 1,5 litro. Agrego os feijões e os tomates. E quando percebo que os feijões já estão quase no ponto, incorporo o macarrão. Misturo e remisturo. Levo a massa ao ponto correto. Agrego algumas folhinhas de manjericão. Acerto o ponto dos temperos. Sobre os pratos respectivos, despejo um fiozinho de azeite. Sirvo com parmesão, ou pecorino, a gosto.

Sábado tem sempre uma “Receita do dia” vinda diretamente dos livros da Série Gastronomia L&PM.

Taglierini al funghetto

sábado, 23 julho 2011

Sílvio Lancellotti cozinha com personalidade, na primeira pessoa. Suas receitas possuem um inebriante sabor e um gosto que instiga o paladar. A receita de hoje, retirada do livro 100 receitas de macarrão, certamente deixará seu final de semana com um sabor especial.

TAGLIERINI AL FUNGHETTO

Ingredientes para quatro pessoas:

500g de taglierini ou, na sua ausência, fettuccine ou trenette, a massa cozida até um minuto antes do ponto al dente. 1 berinjela, sem as cascas, cortada em dadinhos. Sal. 8 colheres de sopa de azeite de olivas. 4 dentes de alho, micrometricamente picadinhos. 2 colheres de sopa de salsinha verde, bem batidinha. 1 abobrinha, cortada em rodelinhas finésimas, com as cascas. 200g de champignons frescos delicadamente laminados. Orégano, a gosto.

Como preparar:

Coloco os dadinhos de berinjela num escorredor de macarrão. Pulverizo com sal. Misturo e remisturo. Espero que os dadinhos da berinjela transpirem bastante, cerca de quinze minutos. Numa frigideira bem larga aqueço o azeite e, nele, levemente refogo os dentes de alho. Não permito que o alho se doure. Rebaixo o calor. Agrego a salsinha. Mexo e remexo. Incorporo os dadinhos de berinjela. Misturo e remisturo, até que eles comecem a transpirar. Pulverizo tudo com orégano, a gosto. Acerto o ponto do sal. Mexo e remexo. Incorporo o taglierini. Salteio e ressalteio a massa em seu molho. Sirvo, imediatamente, sem nenhum tipo de queijo.

Sábado tem sempre uma “Receita do dia” vinda diretamente dos livros da Série Gastronomia L&PM.