Posts Tagged ‘Arles’

Carta escrita por Van Gogh e Gauguin é vendida por R$ 1,2 milhão

quinta-feira, 18 junho 2020

Basta ler Van Gogh, da série biografias L&PM, para ter a certeza de que Vincent Van Gogh e Paul Gauguin eram muito próximos. Antes de cortar sua orelha, por exemplo, Van Gogh conversou com Gauguin em uma praça.

No final de 1888, ambos estavam juntos em Arles quando escreveram uma carta ao pintor Emile Bernard. Carta esta que foi leiloada na terça-feira (16 de junho), em Paris, por 210.600 euros, o equivalente a R$ 1,2 milhão. A compradora foi a Fundação Vincent Van Gogh, de Amsterdã, que vai colocá-la em exposição.

No manuscrito, Van Gogh e Gauguin contam a Bernard sobre suas discussões envolvendo arte e trabalho e também mencionam os bordéis que andavam visitando:

 “Agora, algo que vai lhe interessar — fizemos algumas excursões nos bordéis, e é provável que eventualmente iremos lá para trabalhar”.

“No momento, Gauguin tem uma tela em andamento do mesmo café noturno que eu também pintei, mas com figuras vistas nos bordéis. Promete tornar-se algo bonito.”

A Fundação Vincent Van Gogh disse que a carta que não estava em nenhum museu e que é muito importante uma vez que é a única carta que Van Gogh escreveu com Gauguin.

CARTA VAN GOGH

A L&PM Editores publica vários livros sobre Van Gogh, veja aqui.

Afinal, por que e como Van Gogh cortou sua orelha?

sexta-feira, 4 maio 2012

A automutilação de Vincent Van Gogh, cortando a própria orelha, é um dos acontecimentos mais célebres da história da arte e, como tal, sujeito às mais variadas versões. Na verdade, existem duas vertentes historicamente aceitas e que muito se assemelham. A da chefatura de polícia da cidade de Arles, no sul da França, e o depoimento de Paul Gauguin, ambos tidos como “fontes primárias” confiáveis e que descrevem o drama da amputação da orelha. No caso de Paul Gauguin, veremos que, muito mais de que uma testemunha, ele foi praticamente um protagonista.

Autorretrato de Van Gogh com a orelha mutilada

Naquele final de ano de 1888, Gauguin compartilhava com Van Gogh a famosa Casa Amarela em Arles, uma espécie de estúdio moradia que Théo Van Gogh alugara para os dois pintores. 

Van Gogh pintou a Casa Amarela em Arles

No dia 25 de dezembro, Vincent tem um ataque de loucura e faz com que exploda a crise que se armava entre ele e seu amigo Gauguin. Van Gogh corta com uma navalha a própria orelha e entrega à um policial (segundo Gauguin).  

"Vincent Van Gogh Painting Sun Flowers", a pintura de Gauguin em que Van Gogh se viu como um louco e que teria despertado uma de suas mais terríveis crises (leia o texto em anexo do livro "Antes e Depois)

A relação entre ambos estava extremamente tumultuada e terminou exatamente quando Van Gogh cortou sua orelha. O testemunho de Paul Gauguin está imortalizado no seu livro “Antes e Depois” (Coleção L&PM Pocket). É um longo e riquíssimo depoimento, onde Gauguin faz considerações sobre o estado mental àquela altura já bastante deteriorado de Van Gogh. Abaixo, selecionamos exatamente o trecho em que ele o descreve jornalisticamente e reconstitui a noite em que se deu o célebre drama (clique sobre a imagem para folhear as páginas).