Doidas e Santas segue em cartaz no Rio

Quem estiver no Rio de Janeiro não pode deixar de ver “Doidas e Santas”, peça baseada no livro homônimo de Martha Medeiros, publicado pela L&PM. A atriz Cissa Guimarães interpreta Beatriz, uma mulher moderna, psicanalista atuante, e casada com Orlando (Giuseppe Oristanio), um marido tradicional, que usa terno nos dias úteis e é amante da cervejinha com futebol nos finais de semana. Estão juntos há 20 anos, num casamento rotineiro, sem grandes eventos, e são pais da adolescente Marina (Josie Antello).

Martha Medeiros já assistiu e fez comentários no seu blog :

Josie Antello é uma atriz que faz comédia de um jeito hilário, sem ser histriônica. Me lembrou o início de carreira da Regina Casé. Josie interpreta três papéis na peça: a irmã, a filha e a mãe da protagonista, sendo que, como mãe, arranca aplausos em cena aberta. Guarde esse nome.

Giuseppe Oristanio é um ator que não costuma protagonizar novelas, mas todo mundo lembra dele, é um tipaço e (eu não sabia) engraçadíssimo. Está ótimo no papel do marido que é o último a saber que seu casamento está em crise.

Cissa Guimarães é um presente. Lembro que ela disse numa entrevista, outro dia, que tem um compromisso com a alegria. Fiquei pensando nisso. Parece uma frasezinha de efeito, mas tem algo muito sério nesse propósito. Em tempos onde se dá tanta atenção à depressão, à bipolaridade (e se deve dar mesmo, já que são doenças graves), é também preciso, em contrapartida, valorizar a cura, que passa justamente por esse olhar desestressado e generoso para a vida. Cissa está muito verdadeira em cena, e bonita à beça.

Doidas e Santas

De quinta a domingo no Teatro do Leblon – até 19 de dezembro

21h30min

Você vai perder? Veja um trecho do espetáculo no vídeo abaixo:

Tags:

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios