Historiadora afirma que foto de Machado de Assis com a Princesa Isabel é fake

MISSA 2

Há dois anos atrás, em maio de 2015, o jornal Folha de S. Paulo publicou uma matéria intitulada “Onde está Machado” que trazia uma foto feita no dia 17 de maio de 1888, no Rio de Janeiro, quatro dias depois da assinatura da Lei Áurea.

O motivo da matéria era que pesquisadores do portal Brasiliana Fotográfica haviam identificado a presença de Machado de Assis na foto, perto da Princesa Isabel.

Na época, alguns estudiosos da documentação machadiana acreditaram se tratar mesmo do escritor na foto.

Mas agora, passados dois anos, a mesma Folha de S. Paulo traz um texto em que a historiadora Lilia Scharwcz afirma que a presença de Machado é uma montagem feita na época.

Reproduzimos aqui parte do texto da Folha:

Descoberta e anunciada com alarde em 2015, a imagem que mostra Machado de Assis na missa campal pela abolição da escravatura, em 1888, é uma montagem, diz a historiadora Lilia Moritz Schwarcz. Para ela, a cabeça do autor foi colocada ali artificialmente. “Era uma técnica comum na época”, diz, destacando que as cabeças das personalidades presentes estão encaixadas de forma “artificial” nos dorsos, e que há desproporção entre várias figuras. A foto não significa que ele não estivesse lá (o fotógrafo pode tê-la manipulado por achar que não saiu boa), mas ela não serve como prova histórica. Nos jornais da época, por exemplo, a presença do escritor não é mencionada.

A L&PM publica mais de 20 livros com obras de Machado de Assis.

Tags: ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios