Shakespeare antes de Shakespeare

O maior de todos os dramaturgos nasceu há exatos 450 anos em 23 de abril de 1564. Ou pelo menos se supõe que seja neste dia como mostra um trecho de Shakespeare, de Claude Mourthé, Série Biografias L&PM.

É justamente por um auto de infração que vamos conhecer o pai, John Shakespeare: em 1552, ele recebe uma multa por ter acumulado lixo diante de sua porta na Henley Street. Mas William ainda não nasceu: isso acontecerá doze anos mais tarde. O registro paroquial testemunha que foi batizado em 26 de abril de 1564. Como na época havia pressa de batizar os recém-nascidos, por causa da mortalidade infantil, supôs-se que ele veio ao mundo no dia 23. É a data oficial.

(…)

John Shakespeare, católico – isso é importante -, teve oito filhos, igualmente atestados por registros paroquiais. Os dois primeiros a nascer, meninas, não sobreviveram. O terceiro, William, viu-se então como o mais velho; uma terceira menina morreu jovem, depois vieram mais três irmãos, Gilbert, Richard, Edmund, e uma irmã, Joan. Supõe-se que ele teve uma escolaridade mais ou menos normal na Grammar School de Stratford, onde aprendeu “um pouco de latim”, língua ainda empregada em todos os atos oficiais, e “menos de grego”. É Bem Johnson que o diz em seu poema-prefácio ao Folio de 1623. Aprendeu igualmente a retórica, muito valorizada na época, e certamente dedicou muito tempo à leitura, mesmo supondo que gazeteasse na escola. No começo do século XVIII, Nicholas Rowe, tradutor e exegeta de Shakespeare, acreditou descobrir que, aos catorze ou quinze anos de idade, ele ajudou o pai como aprendiz. Mas que filho não deu uma ajuda ao pai quando a necessidade se fazia sentir? Dessa infância e adolescência não se sabe grande coisa.

Shakespeare_bio

Tags: , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios