O Museu Edgar Allan Poe está pedindo ajuda

No dia 23 de setembro deste ano, o Edgar Allan Poe Museum, de Richmond, iniciou uma campanha na internet para levantar a quantia de US$ 60.000 para a publicação de um super livro com as ilustrações de James Carling feitas em 1883 para o poema “O Corvo” de Edgar Allan Poe. Além da publicação do livro, parte do valor será usada para que os 43 desenhos de Carling tenham melhores condições de conservação, já que possuem exatos 130 anos.

As contribuições podem ser feitas através de uma campanha no site Kickstarter e as cotas vão de US$ 5 a US$ 10.000 (mas é possível contribuir até com U$ 1). Sendo que na cota menor, o contribuinte já ganha o convite para participar do lançamento do livro e a oportunidade de comprar a obra com desconto (nas cotas a partir de US$ 50, a pessoa ganha o livro). Como em toda campanha do Kickstarter, a contribuição só será debitada depois que for atingido o valor esperado. Caso, até 15 de novembro, os US$ 60.000 não forem atingidos, tudo fica como está.

James_carling_poe

james_carling_poe2

James Carling foi sepultado como indigente em sua cidade natal, Liverpool, no ano de 1887, aos 29 anos, depois de ter feito sucesso nos EUA. Menino pobre que cresceu nas ruas, Carling viajou para a América aos 14 anos para juntar-se ao irmão mais velho, Henry, também desenhista. Lá, virou artista de rua e chegou a ser chamado de “o desenhista mais rápido do mundo” e um “caricaturista relâmpago”.

Foi em 1883, em uma competição pela melhor ilustração do poema “O Corvo”, de Poe, promovida pela revista Harper, que Carling realizou os desenhos que agora estão em busca de verba. Suas ilustrações acabaram perdendo para as do artista francês Gustave Dore.

Depois de sua morte, os desenhos de “O Corvo” de James Carling ficaram guardados com o irmão Henry. Somente em 1930, ele os exibiu em uma exposição que foi recebida com tanto entusiasmo que o Museu de Richmond comprou as 43 ilustrações.

No vídeo abaixo, o curador do museu, Chris Semter, fala um pouco mais sobre a importância destas obras:

Clique aqui para participar.

Tags: , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios