Galeano e os desaparecidos

O dia 30 de agosto foi o escolhido para ser o Dia Internacional dos Desaparecidos, uma data para lembrar o desaparecimento de pessoas pelo mundo logo após conflitos armados ou desastres naturais. Nas Américas, estima-se que, entre 1966 e 1986, 90 mil pessoas “desapareceram” forçosamente em países como Guatemala, El Salvador, Honduras, México, Colômbia, Peru, Bolívia, Brasil, Chile, Argentina, Uruguai e Haiti.

Eduardo Galeano jamais deixaria a data passa em branco em seu livro Os filhos dos dias:

galeano_30ago

Tags: ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios