15 anos sem Allen Ginsberg

Quando Allen Ginsberg morreu, há 15 anos atrás, em 5 de abril de 1997, ele estava cercado pela família e amigos em seu loft no East Village em Nova York. Aos 70 anos, Ginsberg sucumbiu ao câncer de fígado e se foi deixando poemas que marcaram toda uma geração. Seu longo e profético Uivo, por exemplo, deu início ao movimento beat e o transformou em uma celebridade na América dos anos 60.

Eu vi os expoentes da minha geração destruídos pela loucura,
morrendo de fome, histéricos, nus,
arrastando-se pelas ruas do bairro negro de madrugada em busca
de uma dose violenta de qualquer coisa,
(…)

A mesa de Allen Ginsberg como ele a deixou ao morrer. Entre seus objetos pessoais, estava uma coletanêa de poemas de seu pai, Louis Ginsberg. (Clique para ampliar)

 E por falar em Allen Ginsberg, em junho a L&PM lança o livro com as cartas trocadas entre ele e Jack Kerouac.

Tags: , ,

  1. Rody Cáceres disse:

    Salve Ginsberg! Pelo que sei, em 2012 a L&PM não tem previsão de lançar mais autores beats. Espero que em 2013 vocês me judem a controlar minha ansiedade kkk

    Abraços!

  2. Leticia disse:

    Rody, o texto avisa acima que em junho sairá as cartas trocadas entre Kerouac e Ginsberg!
    Que veeeenha junho!!! kkkkkkk

  3. Luis Fernando disse:

    ano passado li alguns dos meus poemas num festival de rock, mas iniciei a minha apresentação com Uivo, pois além de toda a áurea rock n’ roll que o poema produz, estávamos na semana de aniversário da sua primeira leitura em público.

  4. [...] informações daqui, daqui e daqui. Share Pin It RelacionadosÚltima entrevista [Carlos Drummond ...[Última entrevista] [...]

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios