Tudo é relativo

Todos nós crescemos com algumas ideias básicas referentes a espaço, tempo e matéria. Eis algumas delas: 

- Todos habitamos o mesmo espaço tridimensional;
- O tempo passa com a mesma velocidade para todos;
- Dois eventos ocorrem simultaneamente ou um após o outro;
- Desde que haja potência suficiente, não há limite para a velocidade em que se pode viajar;
- A matéria não pode ser criada nem destruída;
- Os ângulos de um triângulo somam 180º;
- A circunferência de um círculo é 2 π x o raio;
- No vácuo, a luz sempre se propaga em linhas retas. 

Essas noções parecem ser pouco mais do que o senso comum. Porém, como diria Albert Einstein: “Senso comum é o conjunto de preconceitos adquiridos até os dezoito anos.” O livro Relatividade, do reconhecido professor de física Russell Stannard, mostra como a teoria da relatividade de Einstein desafia todas estas afirmações e, às vezes, consegue demonstrar que algumas são falsas. Ele faz parte da Série Encyclopaedia, cujos títulos vêm do catálogo da Oxford University Press. Com um texto fácil de ler, de compreender e de gostar, Relatividade vai deixar muita gente com a pulga atrás da orelha. Ou não… Afinal, tudo é relativo.

"Relatividade" e "Teoria Quântica" são os mais recentes títulos da Série Encyclopaedia

A Série Encyclopaedia também lançou recentemente o livro Teoria Quântica.

Tags: , , , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios