A vida segundo Peanuts

“Ao longo de toda a história, sempre foi uma prerrogativa do humorista observar a vida de perto, refletir sobre ela e devolver tudo na forma de observações que apelam para o nosso senso de humor. Isso provavelmente valia tanto para os homens das cavernas como vale hoje em dia na era da informática. Não consigo imaginar como uma sociedade conseguiria prosperar sem esses sujeitos talentosos refletindo sobre a condição humana – a esperança, a alegria, o medo – e nos ajudando a ver graça em tudo. Porém, os humoristas fazem mais do que provocar o riso. Eles também nos forçam a parar e pensar.”*

* Texto de Bill Cosby, comediante, cantor e produtor norte-americano que abre o prefácio de “A vida segundo Peanuts” que já chegou na L&PM e breve estará nas livrarias.

Tags: , , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios