Carlos Fuentes na mira do FBI

A agência de notícias Associated Press divulgou na última semana que o escritor mexicano Carlos Fuentes (1928-2012) foi monitorado pelo FBI e pelo Departamento de Estado americano durante pelo menos duas décadas.

Nos arquivos, Fuentes foi descrito como um “escritor comunista de destaque”, com uma longa história de “relações subversivas”. Ele foi membro do Partido Comunista Mexicano e o primeiro documento que relata o monitoramento das atividades do escritor data de 1962.

Num documento dirigido ao diretor do FBI em 1970, há recomendações para estabelecer fontes e informantes que pudessem passar “qualquer informação pertinente sobre as atividades do elemento”. Nessa época, o mexicano chegou a dar aulas de literatura em Nova York.

Carlos Fuentes faleceu em maio do ano passado aos 83 anos. Dele, a Coleção L&PM Pocket publica Aura.

Você lê esse anúncio: uma oferta assim não é feita todos os dias. Lê e relê o anúncio. Parece dirigido diretamente a você, a ninguém mais. Distraído, deixa cair a cinza do cigarro dentro da xícara de chá que estava bebendo neste café sujo e barato. Torna a ler. Solicita-se historiador jovem. Organizado. Escrupuloso. Conhecedor da língua francesa. Conhecimento perfeito, coloquial. Capaz de desempenhar funções de secretário. Juventude, conhecimento do francês, preferentemente que tenha vivido na França por algum tempo. Três mil pesos mensais, comida e aposento cômodo, batido pelo sol, estúdio bem instalado. Só falta o seu nome. Falta apenas que as letras do anúncio informem: Felipe Montero. Solicita-se Felipe Montero, antigo bolsista na Sorbonne, historiador cheio de dados inúteis, acostumado a exumar papéis amarelados pelo tempo, professor auxiliar em escolas particulares, novecentos pesos mensais. Mas se você lesse isso, ficaria desconfiado, tomaria tal coisa como brincadeira. Donceles 815. Apresentar-se pessoalmente. Não há telefone. (Trecho inicial de Aura, de Carlos Fuentes).

Carlos Fuentes entre os escritores Julio Cortázar e Luis Buñuel

Carlos Fuentes entre os escritores Julio Cortázar e Luis Buñuel

Tags: , , ,

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios