Eu gosto de gatos porque…

Se me pedissem para completar a frase “Eu gosto de gatos porque…”, duvido que ganhasse algum prêmio, mas sei o que gosto neles e por quê. Gosto de gatos porque eles são elegantes e silenciosos, e têm efeito decorativo; uns leõezinhos razoavelmente dóceis, andando pela casa. Poderia dizer que eles são silenciosos na maior pare do tempo, porque um siamês no cio não é silencioso. Acredito que os gatos dão menos trabalho do que os cachorros, embora admita que cachorros, em geral, viajam melhor.

Assim começa o ensaio “Sobre gatos e estilo de vida” de Patricia Highsmith, que era assumidamente apaixonada pelos pequenos felinos. Eles não só a inspiram como ganharam dela uma linda homenagem: três histórias, três poemas, um ensaio e sete desenhos que compõem o livro Os gatos (Coleção L&PM Pocket).

Temos que reconhecer que os bichanos têm algo que combina muito com literatura, pois não há outra explicação para o fascínio que alguns escritores têm por eles como bem mostra outro trecho do ensaio de Patricia:

Raymond Chandler gostava de ter um gato roliço junto dele, ou sobre a escrivaninha. Simenon é frequentemente fotografado com algum de seus gatos, em geral um gato preto. Os gatos oferecem para o escritor algo que outros humanos não conseguem: companhia que não é exigente nem intrometida, que é tão tranquila e em contante transformação quanto um mar plácido que mal se move. (…) Gosto de fazer aniversário no mesmo dia de Edgar Allan Poe: 19 de janeiro. Ele é outro não solteirão que aparentemente gostava de gatos.

Bukowski, Jack Kerouac, Allen Ginsberg, William Burroughs e outros escritores também adoravam os bichanos, como registramos em outro post aqui no blog.

E você, gosta de gatos? Conta pra gente o porquê aí em baixo nos comentários ;)

Tags: , , , , , , ,

  1. Camila disse:

    Gosto de gatos porque eles são tranquilos, silênciosos, um tanto misteriosos e são uma excelente companhia. Cachorros são fofos e animados, mas exigem atenção demais (e têm um cheiro muito forte).

  2. [...] algo muito interessante que eu li nesse post aqui foi esse trecho: “Os gatos oferecem para o escritor algo que outros humanos não conseguem: [...]

  3. Déborah disse:

    Gosto de gatos pois são elegantes, graciosos, silenciosos e fiéis, sim, apesar de muitas pessoas acharem o contrário. Não tem coisa melhor do ler um livro com meu gato no colo.
    “Os animais foram
    imperfeitos,
    compridos de rabo, tristes
    de cabeça.
    [...]
    O gato,
    só o gato apareceu completo
    e orgulhoso:
    nasceu completamente terminado,
    anda sozinho e sabe o que quer.” (Pablo Neruda – Ode ao Gato)

  4. Debora Damaris Maneo disse:

    Os gatos sao alegres com seus donos e se sentem infeliz quando deles se separam e tambem o espera enqto eles nao chegam…gatos sao criaturas lindas, peludas, fofas, independentes e verdadeiras.

  5. Sergio Luz disse:

    Gosto de Gatos. São seres verdadeiros. Boas companhias nos momentos bons e nos não tão bons.

  6. Não sabia que gostava de gatos até eles entrarem em minha vida. Hoje convivo com quatro: mãe, duas filhas e um filhote.
    Obs. A psicóloga Cristina Cairo está para lançar um livro na 2ª quinzena de Agosto de 2015. Título: A cura de doenças com a ajuda dos gatos.

Envie seu comentário

* Campos obrigatórios